ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Saúde

Prefeitura anuncia novas medidas de enfrentamento do coronavírus

Mesmo sem casos confirmados até a tarde desta quarta-feira (18), Comitê de Crise deliberou outras providências para reduzir o impacto do vírus em Pelotas. Decreto oficializará as mudanças nesta quinta

Por Luiza Meirelles 18-03-2020 | 18:51:11

Apesar de Pelotas não registrar nenhum caso confirmado de coronavírus até a tarde desta quarta-feira (18), o Município, através do Comitê de Crise criado para enfrentar a situação na cidade, deliberou novas medidas visando à prevenção da doença e à organização dos sistemas público e privado de saúde para estruturarem seus fluxos de atendimento, considerando o contexto da pandemia. A prefeita Paula Mascarenhas convocou os integrantes do Comitê, formado por representantes de hospitais, universidades e órgãos envolvidos com a agenda, para decidir as novas medidas.

Saaiba mais: Boletim coronavírus - 18/03/2020

Fotos: Michel Corvello

Entre as providências, que serão oficializadas em decreto nesta quinta-feira (19) e passam a ser cumpridas a partir de sexta (20), a criação de uma central de triagem para o coronavírus. Através do número (53) 3284-7700, a população poderá entrar em contato, exclusivamente, para informar a identificação de sintomas associados à doença (veja abaixo quais são) e saber se eles se enquadram nos critérios para a realização do exame. A Secretaria de Saúde (SMS) pede a colaboração da comunidade para que utilizem o meio de comunicação apenas nestes casos, a fim de possibilitar mais eficiência no serviço.

Caso os profissionais da central, que funcionará das 8h às 18h, comprovem a suspeita, recomendarão o isolamento domiciliar e encaminharão equipe volante à residência para coleta do material, evitando que estas pessoas se desloquem às unidades de saúde.

“Estamos vivendo um momento grave e, por isso, não podemos deixar de cumprir, com responsabilidade e serenidade, a missão de enfrentar esta crise em Pelotas”, disse a prefeita, agradecendo o comprometimento das instituições para discutir o tema. Paula também destacou o compartilhamento de informações corretas como importante aliado na prevenção do vírus e na conscientização da população.

Outra providência deliberada pelo grupo foi a mudança do status de recomendação para proibição de shows, festas e atividades em teatros, cinemas, centros religiosos, clubes sociais e casas noturnas. Da mesma forma, devem ser cancelados eventos festivos ou não, como casamentos e aniversários, com a aglomeração de pessoas, onde haja público acima de 100 pessoas, se realizados ao ar livre, e com mais de 30% da capacidade dos ambientes fechados, ou seja, se um local comporta até 100 pessoas, não será permitida a presença de mais de 30 pessoas.

A prefeita lembrou que o comitê de crise – uma das primeiras medidas anunciadas pela Prefeitura nesta terça (17), é uma forma do Poder Executivo compartilhar as decisões importantes em relação à situação do coronavírus. “Precisamos ampliar a visão para que as medidas sejam as mais sensatas e assertivas possíveis, de forma a reduzir ao máximo o impacto na sociedade”, afirmou Paula, reforçando a relevância de informações técnicas e do alinhamento das ações implementadas pela rede de saúde de Pelotas.

Também ficou definida a suspensão de cirurgias e demais procedimentos ambulatoriais eletivos (não urgentes) nos hospitais, cuja realização pode aguardar ocasião mais propícia, isto é, pode ser programado. O objetivo é possibilitar a reorganização das unidades e a disponibilidade de leitos e profissionais para atenderem a possível demanda do coronavírus. 

Veja outras deliberações confirmadas nesta quarta

- determinação da criação de fluxos restritivos de visitação às casas geriátricas, considerando que cada instituição deve delimitar o seu

- diminuição da lotação máxima simultânea em restaurantes, lancherias e demais estabelecimentos de consumo de alimentos, para 30% das suas capacidades, respeitando a distância de 1,50 metro entre as mesas

- cancelamento de visitas aos hospitais (iniciativa das próprias instituições)

- necessidade de higienização, a cada duas horas, das superfícies dos locais por onde circulam grande número de pessoas. A higiene pode ser feita com álcool em gel 70%, detergente ou água sanitária.

Comitê de Crise

Participaram da reunião do Comitê, nesta quarta, representantes da Secretaria Municipal de Saúde, 3ª Coordenadoria Regional de Saúde, Conselho Municipal de Saúde, Universidade Federal de Pelotas, Universidade Católica de Pelotas, Ordem dos Advogados do Brasil, Hospital Escola, Hospital Miguel Piltcher, Hospital Clinicanp, Hospital Santa Casa de Misericórdia de Pelotas, Beneficência Portuguesa, Hospital São Francisco de Paula, Pronto Socorro de Pelotas, Unimed, Defesa Civil, Sanep, Câmara Municipal de Vereadores, Sinduscon e Aliança Pelotas.

Sintomas de coronavírus

Mais comuns

- Tosse seca ou com secreção

- Febre acima de 37ºC 

Mais graves

- Dificuldade respiratória aguda

- Insuficiência renal

Outros indícios

- Dores no corpo

- Congestionamento nasal

- Inflamação na garganta

- Diarreia 

Formas de transmissão

- Pelo ar, através da saliva, catarro e gotículas expelidas pela boca (espirro, tosse e fala).

- Pelo contato, por meio do beijo, aperto de mão e abraço. 

- Por superfícies não higienizadas, como celulares, maçanetas, corrimão, botões, teclas e apoio de transportes públicos.

Prevenção*

- Lavar as mãos

- A lavagem frequente das mãos é a principal recomendação para se prevenir

- Higienizar as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos a cada vez 

- Esfregar os espaços entre os dedos, o dorso da mão e cavidades (dobras dos dedos e unhas), onde as bactérias podem se alojar 

- Usar sabonete (apenas água é insuficiente para a higienização). Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool 

- Contato

- Evitar contato próximo com pessoas doentes.

- Ficar em casa quando estiver doente.

- Se tiver de tossir ou espirrar, cubra o rosto com o braço dobrado. A conduta evita que as secreções do corpo entrem em contato com superfícies ou com outras pessoas.

- Usar lenços descartáveis.

- Evitar tocar olhos, boca e nariz.

- Cuidados em ambientes com aglomeração de pessoas

- Preferencialmente, mantenha-se a pelo menos 1 metro de distância de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando.

- As mesmas recomendações valem para qualquer local fechado, como o ambiente de trabalho.

- Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

- Informar-se acerca dos métodos de prevenção e passar adiante as informações corretas.

- Álcool gel e máscaras

- O uso de álcool gel é uma medida eficaz para higienização das mãos, segundo o Ministério da Saúde. No entanto, é preciso considerá-la uma segunda opção: somente para ocasiões em que não é possível lavar as mãos com água e sabão. 

- As máscaras devem ser utilizadas apenas por aqueles que já apresentam sintomas de gripe e se enquadrem nos critérios estabelecidos em relação ao coronavírus.

*Fonte: Ministério da Saúde e Secretaria Estadual de Saúde

Tags

medidas, coronavírus, prefeitura, comitê de crise

Carregando 0%