ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Gabinete da prefeita

Prefeita participa do evento Tá Na Hora da Associação Comercial

Evento foi realizado, pela primeira vez, em formato online

Por Vitória Leitzke 07-07-2020 | 16:10:16

No dia do 208º aniversário de Pelotas - terça-feira, 7 de julho -, a prefeita Paula Mascarenhas participou do evento Tá Na Hora, promovido pela Associação Comercial de Pelotas (ACP), comemorativo à data. Com o tema “Pelotas 208 anos! Presente e Futuro”, a chefe do Executivo apresentou o panorama geral do combate ao novo coronavírus, na programação realizada, pela primeira vez, via videoconferência por meio das redes sociais da entidade, devido à pandemia

Paula agradeceu o convite para a palestra e afirmou ser uma ótima oportunidade de externar a situação da Covid-19 no Município, principalmente para empresários e comerciantes. 

“Eu estou fazendo o que entendo ser o melhor para a nossa cidade. Respeito a divergência, mas espero compreensão, pois não é fácil estar no meu lugar”, disse a prefeita, referindo-se a algumas posições contrárias às medidas preventivas determinadas em decreto municipal sobre a bandeira vermelha, em vigor desde esta terça-feira

Paula participou do Tá Na Hora da ACP nesta terça-feira (7) - Fotos: Gustavo Vara

Com apresentação de slides, a gestora municipal reportou-se ao número de casos confirmados - 327 até segunda-feira (6), sendo 204 destes considerados recuperados. Durante sua fala, Paula recebeu a confirmação do sexto óbito na cidade, e repassou a informação ao vivo durante o Tá Na Hora. 

A prefeita também apresentou o mapa de contágio até o último dia 2, e explicou que a concentração de casos nos bairros, incluindo o Centro, refere-se ao endereço de residência do infectado. “Este número não significa que as contaminações são no centro comercial, mas sim que um número maior de contaminados mora no Centro”, disse.

A gestora mostrou gráficos, que sempre apresenta em suas transmissões de vídeo ao vivo, sobre a posição de Pelotas em relação ao número de casos confirmados no Rio Grande do Sul e quanto à incidência para cada 100 mil habitantes dos 20 maiores municípios em população do Estado, estando em 20º e 18º, respectivamente. “Sempre soubemos superar momentos difíceis. Pelotas conta com uma sociedade que não tem medo do trabalho. Não acredito que seja diferente desta vez”, afirmou.

Ainda foram apresentados os números de internações e de leitos de Enfermaria e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com base no boletim epidemiológico nº 110, o qual informa a ocupação de 10 leitos de UTI e de nove de enfermarias. Outra justificativa para o fechamento do comércio - uma das medidas determinadas pelo Decreto 6.288 - foi a evolução da doença a partir do dia 19 de junho, um dia antes do primeiro óbito registrado. Daquela data em diante, houve 150 novos casos, seis óbitos, 12 internados a mais (aumento de 142%) e nove acréscimos de internações em UTI (de 3% para 29% da capacidade dos leitos). “A informação é fundamental neste momento. Sempre tratei tudo com transparência. Houve alguns momentos em que até usaram o que falei contra mim. Mas, não tenho o que esconder; sempre serei transparente”, garantiu Paula.

Veja mais

+ Prefeita anuncia fechamento de comércio a partir desta terça e decreta calamidade pública

Para finalizar, a prefeita ainda traçou uma linha do tempo, de fevereiro até o momento, sobre a evolução do sistema de saúde e os complicadores da situação atual. “Estamos enfrentando a escassez de medicamentos anestésicos - um problema nacional -, e, também, a falta de equipes médicas para abrir novos leitos. Além disso, temos equipamentos, como respiradores, mas precisamos fazer reformas para aumentar o número de enfermarias e de UTIs”, informou.

Paula defendeu que, por ser uma cidade de comércio e serviços, é necessário estancar o movimento nestes setores para aumentar o índice de isolamento social, a fim de não colapsar o sistema de saúde.

“Me comprometi a reavaliar diariamente, semanalmente, essa questão. Se as coisas estiverem mais tranquilas na semana que vem, podemos avaliar uma flexibilização das atividades que restringi além da bandeira. Eu não queria ter fechado setores. A minha ideia é sempre seguir em frente, mas o cenário me fez tomar essa decisão. Sempre usarei o princípio da precaução”, enfatizou.

 Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel.

Tags

prefeita Paula Mascarenhas, videoconferência, Associação Comercial de Pelotas, Tá Na Hora, novo coronavírus, panorama

Carregando 0%