ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Prefeita responde à população em transmissão ao vivo

Paula tirou dúvidas sobre retorno das aulas, Pop Center e protocolos de testagem

Por Vitória Leitzke 28-05-2020 | 14:22:04

Na manhã desta quinta-feira (28), a prefeita Paula Mascarenhas realizou a transmissão ao vivo semanal nas redes sociais para responder a questionamentos da população pelotense sobre a Covid-19. A chefe do Executivo municipal falou sobre o número de casos confirmados, internações, novo protocolo de testagem, trabalhadores do Pop Center e retorno das aulas

Pelotas contabiliza 74 casos confirmados, sendo que, destes, 25 estão em isolamento domiciliar e 46 recuperados. Até o momento, seis pessoas estão internadas, sendo quatro suspeitos e dois confirmados. 

Do total de casos confirmados, 46 são mulheres e 28 são homens. Outra análise realizada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aponta que a maioria dos contaminados são jovens: 59 pessoas têm menos de 60 anos e 15 têm mais. “Setenta e nove por cento dos casos confirmados são de jovens, pessoas com menos de 60 anos. Precisamos dessa conscientização de cada um: o fato de sermos jovens não nos torna super-heróis. Precisamos nos cuidar”, alertou a prefeita.

Transmissão ao vivo ocorreu nesta quinta-feira (28) - Foto: Gustavo Vara

Segurança

Paula parabenizou os órgãos de segurança pelo registro, desde 2003, do menor número de roubos a pedestres no mês de abril, e destacou que, a partir de sábado (30), a Guarda Municipal atuará na segunda fase "Operação Fila Segura", com apoio da Caixa Econômica Federal (CEF) e da Associação Comercial de Pelotas (ACP), para organizar a população que irá a agências bancárias e casas lotéricas a fim de sacar a segunda parcela do auxílio emergencial liberado pelo Governo Federal.

Novo protocolo de testagem

A partir de segunda-feira (1º/6), a SMS iniciará um novo protocolo de atendimento, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), conforme determinação do Governo do Estado. A medida inclui novos grupos de pessoas, com sintomas de síndromes gripais, que poderão ser testadas para o coronavírus pelo Sistema Único de Saúde (SUS). 

Pessoas com idades acima de 50 anos, gestantes, quilombolas, indígenas, motoristas de transporte público e de cargas, trabalhadores da assistência social, do sistema de garantia aos Direitos da Criança e do Adolescente, além de trabalhadores da administração penitenciária, do Departamento Estadual de Trânsito, do Instituto Geral de Perícias e Polícia Civil, bem como dos Conselhos Tutelares, de abrigos para crianças e adolescentes e do Sistema Socioeducativo (Fase e Cases) também poderão ser submetidas ao teste a partir do novo protocolo.

Retorno das aulas

A prefeita também comentou sobre o retorno das aulas na cidade. Segundo ela, o Município seguirá as recomendações do governador Eduardo Leite (PSDB), divulgadas na quarta-feira (27), as quais mantêm as atividades de forma remota, sem previsão de volta na forma presencial. “Ainda não temos previsão das aulas presenciais. Antes de agosto, dificilmente voltaremos para as escolas. Vamos seguir olhando as curvas, os casos, e ouvindo os especialistas. Não faremos nada sem sustentação científica”, tranquilizou Paula.

“Nós começamos o nosso trabalho remoto através da metodologia Círculos de Construção da Paz, que pertence à Justiça Restaurativa, para que as pessoas tenham a oportunidade de falar, de se expor. Mas não contabilizamos como hora letiva, porque nem todas as nossas crianças têm acesso à internet. Procuramos oferecer alternativas, através de material impresso. Por isso, não computamos”, explicou a chefe do Executivo.

Pop Center

Questionada sobre a situação dos trabalhadores do Pop Center, os quais estão comercializando as mercadorias na rua, Paula explicou que, devido à pandemia, por enquanto, o melhor é ficar ao ar livre para evitar a propagação do vírus. “Embora seja um local amplo, não há circulação de ar. Então, é melhor estarem na rua, usando máscara e álcool gel. Não é ideal; não queremos os comerciantes de novo nas ruas. O Pop Center foi uma vitória para a cidade, e estamos estudando viabilidades para retornar ao prédio”, afirmou.

Estudo de multa para descumprimento de medidas preventivas

Outra dúvida sanada pela prefeita foi sobre o Executivo começar a multar pessoas que não cumprirem os decretos municipais e as medidas de proteção contra o novo coronavírus. “Não é uma ideia que me agrade - multar a população por não cumprir medidas. Gosto da conscientização, mas estamos estudando uma maneira, pois alguns insistem em não cumprir as regras. Até a próxima semana, pretendo ter uma posição”, comentou Paula. 

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram, Twitter e canal Whatspel. 

Tags

prefeita Paula Mascarenhas, live, coronavírus, Covid-19, questionamentos da população, internações, aulas

Carregando 0%