ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Prefeita faz live sobre situação atual da pandemia em Pelotas

Paula falou sobre o registro dos dois óbitos e o retorno para a bandeira laranja

Por Vitória Leitzke 23-06-2020 | 15:03:33

A prefeita Paula Mascarenhas realizou, nesta terça-feira (23), uma transmissão de vídeo ao vivo, pelas redes sociais dela e da Prefeitura, para atualizar a população pelotense quanto à situação da Covid-19 no município. A chefe do Executivo iniciou a live falando sobre os dois óbitos em consequência da doença, ocorridos no último sábado (20) e última segunda-feira (22), e prestou condolências às famílias das vítimas fatais. Até o início da tarde desta terça, o município tem 197 casos confirmados, sendo 145 considerados recuperados, 47 em isolamento e três internados.

Paula aproveitou o momento para explicar à comunidade quanto à identificação das mortes, visto que um dos óbitos teve a identidade revelada pela família. Ela afirmou que a Vigilância Epidemiológica (Vigep) não repassa informações pessoais dos pacientes que estão em acompanhamento e, por isso, a Prefeitura nunca identificou infectados por nomes e profissão. 

Transmissão em vídeo ocorreu nesta terça-feira (23) - Foto: Gustavo Vara

A prefeita também usou o espaço para enviar uma mensagem de solidariedade aos profissionais da saúde, principalmente, àqueles que estão na linha de frente da Covid-19. 

“Faremos tudo o que estiver ao nosso alcance, disponibilizar as melhores condições de trabalho, acompanhamento psicológico, tudo que pudermos para ajudar vocês. Vocês são a esperança de cada cidadão, de cada cidadã, de cada família dessa cidade, por isso quero mandar meu abraço solidário, fraterno”, acrescentou Paula.

Outro recado dado pela chefe do Executivo foi em relação às aglomerações e festas registradas, principalmente nos finais de semana, pelas Operações Integradas. “Eu sei que é bom estar com amigos, ter momentos de lazer é um direito de todos nós, mas não é o momento para isso. Vamos fazer só o necessário, vamos ficar em casa, vamos buscar alternativas para ter prazer ficando em casa”, sugeriu a prefeita.

Alteração em decreto municipal

Paula também pediu a colaboração dos empresários locais para que notifiquem à Vigep e afastem colaboradores que apresentem síndrome gripal, bem como todo o grupo de contactantes. Em decreto publicado na última segunda, fica determinado que em caso de resultado negativo, o trabalhador sintomático deverá ser mantido afastado até a melhora dos sintomas e os contactantes poderão retornar ao trabalho, seguindo todos os protocolos de higiene e distanciamento controlado; já em caso de resultado positivo, o testado e todos os contactantes deverão ser afastados por 14 dias, devendo ser providenciado pelo empregador a realização do teste rápido para Covid-19, antes do retorno às atividades, devendo o laudo ser encaminhado à Vigep.

Caso durante o período de afastamento outro trabalhador apresentar sintomas gripais, a rede pública de saúde realizará o exame PCR, sendo que o período de 14 dias de afastamento deste contará a partir do início dos sintomas e dos contactantes iniciará a contagem após o último dia de contato com o caso positivo. Paula ainda frisou que a ausência de comunicação à Vigep geram providências cabíveis nas esferas administrativa e criminal.

Bandeira laranja

Valendo desde esta terça, a Região de Pelotas está em bandeira laranja, após 15 dias em bandeira amarela, segundo o modelo de Distanciamento Controlado do Governo do Estado. A cor representa média capacidade de sistema de saúde e baixa propagação do vírus ou alta capacidade do sistema de saúde e média propagação do vírus.

A gestora municipal defendeu o modelo e garantiu que tem confiança no amparo técnico e científico do modelo. “O Distanciamento Controlado é um sistema que nos ajuda a balizar nossas decisões locais. Não compartilho a ideia de contestar as bandeiras porque, a mim, parece que o Governo do Estado está buscando a ciência para alertar quanto às medidas”, defendeu Paula.

Com a passagem de risco baixo para médio, o Executivo recuou na decisão de permitir esportes em dupla, bem como a alteração na ocupação de academias. “Sei que tanto atletas quanto empresários do ramo se entusiasmaram com a notícia e agora tiveram essa ducha de água fria, mas é questão de responsabilidade, e justamente por ser um grupo grande de praticantes que a gente tem que tomar cuidado. Considerei que não era o momento, nesta semana. Vamos ver como vai se dar os números essa semana e com mais segurança e cautela a gente volta a discutir essa questão”, informou a prefeita, durante a transmissão.

Treinos de futebol profissional

A prefeita ainda falou sobre o retorno do Campeonato Gaúcho e, consequentemente, a volta aos treinos e afirmou que não vê um cenário favorável para a retomada.

“Eu não vejo como retomar, na situação que vive o Rio Grande do Sul, o Campeonato Gaúcho, em julho. Vou respeitar a decisão do Governo do Estado. Se voltar, terei dificuldade de impedir os times pelotenses de voltarem, mas acho que não tem como... Estamos sentindo que julho vai ser um mês difícil, quando teremos nosso pico e um aumento nas internações”, complementou.

Ela aproveitou para elogiar as posturas dos representantes do Esporte Clube Pelotas e do Grêmio Esportivo Brasil. “Eles [os representantes] têm tido uma postura muito responsável e digna, quero elogiar Gilmar e Ricardinho, pois estão sendo gestores preocupados com a saúde de seus funcionários e jogadores e estamos aguardando essa decisão”, elogiou Paula.  

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram, Twitter e canal Whatspel. 

Tags

prefeita Paula Mascarenhas, live, situação coronavírus, Covid-19, atualização

Carregando 0%