ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Gabinete da Prefeita

Prefeita e Smed avaliam rumos da rede de ensino

Videoconferência permitiu audiência de trabalho. Ainda não há previsão de data para o retorno das aulas presenciais no Município

Por Paulo Ienczak 07-05-2020 | 06:25:24

 Na tarde desta quarta-feira (6), a prefeita Paula Mascarenhas conversou, via videoconferência, com gestores da Secretaria de Educação e Desporto (Smed), sobre as perspectivas para o ano letivo da rede municipal de ensino de Pelotas. Com as medidas de isolamento social determinadas, a fim de conter o avanço do novo coronavírus, as atividades escolares presenciais continuam suspensas desde março.

Mesmo sem previsão de data para o retorno das aulas, a equipe da Smed já começa a pensar nas providências que precisarão ser tomadas, como a aquisição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) destinadas a alunos, professores e funcionários das escolas.

Para a prefeita, período é de incertezas, mas não impede organização e preparo com protocolos – Fotos: Rodrigo Chagas.
“O momento é de incertezas quanto a uma data para o retorno das aulas, mas precisamos estar preparados. Os protocolos de higienização nas escolas deverão ser seguidos à risca, e vamos precisar de EPIs para todos os estudantes, professores e funcionários”, observou a prefeita.

Retomada do ano letivo

O secretário de Educação e Desporto, Artur Corrêa, e a diretora de ensino, Loreni Peverada, que participaram da reunião virtual, expuseram algumas das rotinas desenvolvidas pela secretaria, bem como as questões que devem ser acertadas à retomada do ano letivo. “Estamos pesquisando valores mais em conta para aquisição de máscaras e termômetros digitais, que deverão ser usados nas escolas e, com certeza, serão necessários”, disse o secretário.   

Em uma estimativa da Smed, caso o calendário volte efetivamente no dia 1º de junho, o período escolar se encerrará em 3 de janeiro de 2021, com 186 dias de estudos. Se o retorno for no final de junho, as aulas irão até o final de janeiro/início de fevereiro. Atividades realizadas em casa, ao longo do ano letivo e com orientação dos professores, seriam consideradas aulas remotas e completariam as horas necessárias à conclusão.   

Por enquanto, diretores e docentes de algumas unidades de ensino se reúnem em videoconferências, chamadas Círculos de Paz, e debatem metodologias socioemocionais de ensino. O projeto Act, do Programa Pacto Pelotas Pela Paz da Prefeitura de Pelotas, continua com algumas ações online. A partir desta semana, em algumas escolas da rede, ocorrerão atividades online não obrigatórias com os estudantes interessados e que possuam acesso à internet.

Confira as fotos da reportagem no Flickr da Prefeitura.

Não caia em fake news.

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel. 

Tags

secretaria de educação e desporto, ano letivo 2020, pandemia, prefeita paula mascarenhas, perspectivas, possibilidades, retorno ou não das aulas, atividades presenciais, cuidados, uso de EPIs

Carregando 0%