ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Prefeita anuncia novo decreto de enfrentamento à pandemia

Documento prevê alterações no funcionamento de serviços, indústria e práticas esportivas

Por Vitória Leitzke 13-05-2020 | 14:12:51

A prefeita Paula Mascarenhas realizou uma transmissão de vídeo ao vivo para anunciar o novo decreto municipal, que passa a valer nesta quarta-feira (13). As alterações são baseadas no novo decreto do Estado, em vigência desde a segunda-feira (11), sobre o distanciamento controlado, o qual define Pelotas como bandeira laranja e incluem academias, treinos individuais, futebol e mão de obra vinda de fora do município, além da obrigatoriedade do uso de máscaras na rua.

A partir da publicação, academias de ginástica e atividades esportivas individuais poderão voltar com restrições definidas no Decreto 6.276, como delimitação de 25% do total de instrutores, fechamento de vestiários para banho e apenas um aluno por professor. 

Clubes de futebol, bem como utilização de ginásios para esportes coletivos, permanecem com atividades vedadas. Esportes de lutas, como artes marciais, deverão ter atendimento individualizado, respeitando as medidas de prevenção ao coronavírus.

Paula explicou as novas medidas que entram em vigor hoje (13) - Fotos: Gustavo Vara

“As academias de ginástica podem reabrir as portas, mas com várias restrições e protocolos. Isso vale também para os ginásios e centros esportivos, como padel, com apenas um professor e um aluno. Esportes coletivos não poderão voltar”, afirma Paula.

A decisão quanto ao futebol local foi conjunta com as direções dos clubes. “Concordamos por todas as dificuldades inerentes a essa prática esportiva, por tudo que acarretaria de ônus para os clubes e por muitos jogadores não serem de Pelotas, podendo voltar de suas cidades com o vírus”, explica.

Trabalhadores de fora da cidade 

Uma nova medida é sobre a mão de obra vinda de fora do estado ou de municípios no Rio Grande do Sul com situação mais gravosa, definidos como bandeira vermelha. Independentemente do segmento que a empresa pertença, será impedida a vinda do profissional para atuar ou residir em Pelotas. 

“Pelotas gosta de receber pessoas de outros lugares, é hospitaleira, recebe estudantes, profissionais que vêm trabalhar na região. Mas nesse momento, por uma questão de segurança, precisamos impedir essa vinda. Não é hora de trazer gente de fora, é esperar isso passar, cada um no seu estado”, destaca a prefeita.

Cultos religiosos

Apesar do decreto estadual definir, para regiões de bandeira laranja, a liberação de ocupação de 25% da lotação, o novo decreto mantém as restrições de, no máximo, 30 pessoas. “Nossa dificuldade é o fato de termos igrejas muito grandes, que comportam 2,5 mil pessoas. 25% desta capacidade seria 600 pessoas. Precisamos evitar isso, fechamos todas as atividades que tenham potencial de aglomeração, muita gente correria o risco de ser infectada”, justifica Paula.

Máscaras 

Quanto ao uso obrigatório de máscaras de proteção facial colocadas no decreto estadual, Paula afirmou que no município a medida já tinha obrigatoriedade em transportes coletivos e individuais, bem como acesso e permanência em estabelecimentos comerciais. Além dessa medida, o Executivo sugere para estabelecimentos comerciais, industriais e prestadores de serviços em todas as atividades, que seja realizada a aferição da temperatura com termômetro digital infravermelho no ingresso de trabalhadores, clientes e frequentadores, garantindo que pessoas que apresentarem temperatura corporal acima de 37,5 graus não ingressem no local e sejam orientadas a procurar atendimento médico.

“Não estamos exigindo porque existe uma dificuldade de encontrar no mercado. Recomendamos, por ser mais uma forma de fazer controle. A pessoa fica mais tranquila para fazer suas compras em uma loja que tenha esse dispositivo”, comenta a chefe do Executivo.

Aderindo ao sistema estadual de distanciamento controlado, continua proibido o funcionamento de estabelecimentos educacionais privados, de casas noturnas, teatros, cinemas, boates, salões de eventos e do Pop Center.

Pesquisas e resultados 

De acordo com a prefeita, a terceira fase da pesquisa coordenada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), realizada no último final de semana, teve a prevalência de uma pessoa infectada. “Isso mantém a nossa linha, confirma que a nossa forma de agir está correta, que a nossa flexibilização do dia 23 de abril [a reabertura gradual e controlada das atividades comerciais] não foi irresponsável, não alterou a nossa curva. Tudo que queremos é não errar, estamos ouvindo especialistas, técnicos”, ressalta. 

Ela ainda comentou sobre a pesquisa realizada pela empresa de tecnologia de informação, In Loco, a qual aponta que no dia 1º de maio, feriado do Dia do Trabalhador, Pelotas teve quase 60% de índice de isolamento social. No recorte, que atende o período entre os dias 1º e 7 de maio, o município segue acima da média estadual.

“Entre os 20 municípios onde há mais incidência, estamos em 13º. Para cada 100 mil habitantes, nos 20 maiores municípios do estado, Pelotas está em 15º lugar. Para isso, a imprensa teve papel fundamental, as pessoas são convencidas pela forma como a informação chega até elas”, complementa.

Veja mais

+ Prefeita anuncia mudanças em decretos de enfrentamento da pandemia

Aulas na rede privada

O Município aguarda a nova determinação do Estado para definir o retorno das aulas na rede privada. Uma reunião será realizada pelo governo estadual para definição até a próxima semana. “Acho difícil o retorno em maio, mas sabemos as dificuldades das escolas particulares, principalmente as menores, sobre se manterem fechadas por muito tempo, devido à questão econômica. Se abrirem, teremos que ter um protocolo rígido e, claro, teremos que fiscalizar”, conclui a prefeita.

“Quero agradecer a comunidade que está cumprindo as determinações. A maioria das pessoas está usando máscaras, tem se cuidado. O sucesso dessa caminhada, dessa jornada, depende de cada um”, finaliza.

Tags

coronavírus, decretos, saúde, Paula Mascarenhas, isolamento social, distanciamento controlado, bandeira laranja

Carregando 0%