ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

População comparece às unidades de saúde para vacinação contra a gripe

Algumas UBSs não vacinaram nesta quarta-feira (1º), devido à falta de luz provocada pelo temporal que atingiu a cidade durante a madrugada

Por Alessandra Senna 01-07-2020 | 16:45:29

No terceiro dia da Semana D de vacinação contra a gripe em Pelotas e primeiro de imunização aberta ao público em geral, nem o vento forte e a queda na temperatura impediram a população de procurar as unidades de saúde para garantir a proteção. Em alguns locais, a aplicação das doses foi suspensa devido à falta de energia elétrica causada pelo temporal que atingiu o município na madrugada desta quarta-feira (1º).

No Centro de Especialidades - unidade referência para o serviço de vacinação-, os cidadãos fizeram fila para receber a vacina contra o vírus Influenza. O microempresário Júlio Siqueira, 50 anos, conta que foi alertado pela esposa para a oportunidade fazer a vacina. "Quando ela soube que estava aberta a vacinação para todas as pessoas me pressionou para fazer. E, neste ano, a prevenção é mais importante ainda", explicou.

Segundo a enfermeira-chefe do Centro de Especialidades, Fátima Soares, muita gente teve a mesma ideia de Siqueira. A procura dobrou o fluxo em busca da vacina, se comparado aos dias anteriores. "Entre crianças e adultos, até o começo da tarde, foram aplicadas cerca de 300 doses. É uma procura grande", relata Fátima.

Vacinação aberta ao público em geral aumentou o fluxo de pessoas nas UBSs que mantiveram a imunização nesta quarta-feira - Fotos: Rodrigo Chagas

Situação semelhante foi registrada no turno da tarde, na Unidade Básica de Saúde (UBS) Areal, localizada na rua Apolinário Porto Alegre. A dona de casa Jerusa Balz quebrou o isolamento social e levou toda a família para se vacinar, inclusive o marido. "Estamos todos em casa. Só saímos por necessidade e a vacinação é uma delas. Se nos protegermos, estaremos fazendo a nossa parte contra a gripe e também contra o coronavírus". 

A enfermeira-chefe da Unidade, Vanessa Karini, disse que só nas primeiras horas da tarde foram imunizadas cerca de 60 pessoas. "É um movimento muito maior, com certeza, principalmente de um público que não estava incluído nos grupos prioritários, como as crianças maiores de 6 anos", afirmou. 

Veja mais:

+Vacinação contra gripe abre amanhã para toda a população

Sem energia, sem vacina

O temporal com chuva e vento que atingiu Pelotas na madrugada deixou algumas Unidades Básicas de Saúde sem energia elétrica. A situação fez com que as doses de vacina, que precisam ser mantidas sob refrigeração, fossem recolhidas e armazenadas na Secretaria de Saúde. 

Segundo a diretora de Atenção Primária, Cristina Vetromila, 11 unidades registraram falta de energia elétrica e suspenderam a vacinação nesta quarta-feira. As doses foram recolhidas nas UBSs Salgado Filho, Jardim Alah, Santa Terezinha, Balsa/Porto, Navegantes, Barro Duro, Laranjal, Obelisco, Z3, Bom Jesus, Cascata, além da Ubai Lindoia e do Centro Social Urbano do Areal. 

"Se a energia estiver restabelecida, no primeiro horário de quinta-feira, a Vigilância Epidemiológica irá redistribuir as vacinas nesses locais e a imunização será retomada normalmente", explica Vetromila, que ainda destacou o fechamento da Ubai Navegantes ocasionado pela falta de energia e de água nesta quarta-feira. O atendimento para a população deve ser retomado nesta quinta, se os serviços de luz e água foram restabelecidos.

O horário de vacinação nas UBSs permanece no turno da tarde. No Centro de Especialidades, a imunização pode ser feita das 8h às 17h.  

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel.

Tags

saúde, coronavírus, vacina, gripe, centro de especialidades, unidade de saúde, temporal, falta de energia

Carregando 0%