ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Geral

Prefeitura reforça cuidados nas homenagens a Iemanjá e Navegantes

Eventos umbandistas e católicos terão muitas restrições como medida de segurança contra a Covid-19, devido ao aumento do número de casos positivos de coronavírus nos últimos dias

Por Ascom 28-01-2022 | 18:27:20

A Prefeitura continuará a prestar apoio às celebrações religiosas pela passagem do Dia de Nossa Senhora dos Navegantes, feriado municipal em 2 de fevereiro, mas nesse ano haverá muitas restrições nos eventos umbandistas, em homenagem à Iemanjá, no Balneário dos Prazeres e na Balsa, e católicos em homenagem à Nossa Senhora, no Porto, na Colônia de Pescadores Z3 e no Valverde. O Município adotará medidas rigorosas para aumentar a segurança e evitar a disseminação da Covid-19, devido ao aumento dos números de casos positivos registrados nos últimos dias em Pelotas, e pede que as pessoas façam a sua parte e evitem aglomerações. 

Estarão envolvidas no serviços de apoio as secretarias municipais de Cultura (Secult), Desenvolvimento Rural (SDR), Qualidade Ambiental (SQA), Transporte e Trânsito (STT), Serviços Urbanos e Infraestrutura (SSUI), Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana (SGCMU), Obras e Pavimentação (Smop), Segurança Pública, através da Guarda Municipal e com apoio da Brigada Militar, e também o Sanep. 

Seguem as programações dos eventos e suas restrições:

Homenagem a Iemanjá no Prazeres

A celebração religiosa será realizada no dia 2 de fevereiro, com carreata partindo do Centro, com saída às 8h, sendo o trajeto completado após duas horas de duração de desfile veicular, culminando na chegada no Balneário dos Prazeres, por volta das 10h. Após o deslocamento, a imagem de Iemanjá ficará em exposição até as 18h, dentro dos parâmetros de segurança sanitária estabelecida pelos órgãos públicos (veja detalhes abaixo). Esse ano não haverá procissão fluvial e não será permitida a instalação de barracas.

Trajeto da carreata 

Por volta das 8h, a imagem de Iemanjá sairá da sede da Federação Sul-rio-grandense de Umbanda e Cultos Afro-brasileiros, situado a rua Xavier Ferreira, 1.000, Centro, e percorrerá o seguinte caminho: avenida Juscelino Kubitscheck de Oliveira, rua Comendador Rafael Dias Mazza, avenida Adolfo Fetter, avenida Rio Grande do Sul, avenida Arthur Augusto Assumpção, avenida Senador Joaquim Augusto Assumpção (até a orla, avenida Doutor Augusto de Assumpção Júnior), seguindo pela esquerda da orla até o local conhecido como “chafariz”, e logo continuando pela avenida José Maria da Fontoura, avenida Adolfo Fetter, avenida Amazonas (Prazeres) e, por fim, Praça Aratiba. 

Exposição da imagem na gruta do Prazeres

Após a carreata, a imagem de Iemanjá será conduzida à gruta localizada no Balneário dos Prazeres. Na localidade, haverá duas pirâmides/tendas de proteção, medindo 10mx10m cada, que abrigará os religiosos que queiram prestar homenagens. As pessoas que tiverem acesso à gruta o farão através de uma fila, para que seja controlado o distanciamento. O acesso do público estará condicionado à apresentação de comprovante vacinal, seja por foto, carteira de vacinação ou demonstração do aplicativo Conect SUS, e ao uso de máscara, durante todo o tempo. Grades de contenção determinarão o percurso a ser trilhado até as tendas e permitirão o controle sanitário, que será realizado por membros da própria Federação. O percurso permitirá que, em tempo adequado, os presentes realizem sua manifestação religiosa, evitem aglomerações e deixem o local com segurança sanitária.

A Secretaria de Qualidade Ambiental (SQA) salienta que as áreas de preservação permanente de mata serão monitoradas e não poderão ser utilizadas para fins litúrgicos – não devem ser utilizadas velas, nem feita a disposição de despachos ou outros resíduos nestas áreas. A SQA colocará uma equipe de fiscalização, nos dias 31, 1° e 2, na área próxima à gruta, para controlar o acesso às áreas naturais. Não será permitida a circulação de carros no local. 

Efetivos da Guarda Municipal e da Brigada Militar irão garantir a segurança durante toda a celebração religiosa, na localidade da gruta e arredores. A Prefeitura também fará uma limpeza interna da casa de apoio, que fica ao lado da gruta, ambiente que será utilizado para a alimentação dos organizadores. 

A Secretaria de Serviços Urbanos e Infraestrutura (SSUI) fará a limpeza do local antes e após o encerramento do evento e requalificará a iluminação na área do entorno da gruta. Na noite do dia 1º, as Forças Integradas farão um reforço da segurança no local, para garantir que não haja aglomerações.

Homenagem a Iemanjá na Balsa

A Homenagem a Iemanjá na Balsa ocorrerá com carreatas nos dias 1° e 2 de fevereiro. No dia 1°, a carreata com a imagem de Iemanjá partirá do Centro de Umbanda, próximo à gruta, por volta das 23h30min, percorrerá as ruas do bairro e retornará ao Centro de Umbanda, dali será levada em barco à gruta, onde será colocada.

No dia seguinte, 2 de fevereiro, a partir das 14h, a imagem ficará em exposição no centro de ventos, ao lado da gruta. Haverá um cordão de isolamento e uma estrutura organizada, com som mecânico, orientando as pessoas para que paguem suas promessas, façam as oferendas e pedidos à Iemanjá, mas circulem, para evitar aglomerações, como medida de segurança contra a Covid-19. Elas deverão usar máscara durante todo o tempo e manter o distanciamento social. A partir das 17h30min, durante a cerimônia de encerramento das festividades, haverá uma homenagem ao pai-de-santo umbandista Vanderlei Silveira, conhecido como Pailoca, que faleceu no ano passado. Uma placa com dedicatória a ele será afixada na gruta de Iemanjá. 

Homenagem à Iemanjá nas Doquinhas

No dia 1º de fevereiro também haverá a Homenagem à Grande Mãe Iemanjá, das 20h às 23h, nas Doquinhas, na zona portuária. Promovido pelo Grupo Amigos da Umbanda Princesa do Sul, Web Rádio Fragata, Grupo Povo Cigano e Programa Filhos da Umbanda, o evento será realizado em área aberta junto à Gruta da Iemanjá. Os organizadores esperam cerca de 100 pessoas e garantem que serão exigidos todos os protocolos de segurança contra à Covid-19, entre eles a apresentação da carteira de vacinação ou passaporte vacinal do Conect SUS, uso de máscara e distanciamento social. Haverá distribuição de máscaras e será disponibilizado álcool gel no local.

Homenagem a Nossa Senhora dos Navegantes no Porto

Com o slogan “Com a mãe dos navegantes, 90 anos de comunhão, participação e missão”, a celebração de Nossa Senhora dos Navegantes, promovida pela Paróquia Sagrado Coração de Jesus, no Porto, ocorre de 30 de janeiro a 2 de fevereiro. Programação:

Dias 29, 30 e 31 de janeiro

Tríduo Preparatório - Celebração Eucarística às 19h

Dia 1° de fevereiro

Celebração Eucarística às 19h

Após, procissão/carreata na região da Paróquia

Dia 2 de fevereiro

Dia de Nossa Senhora dos Navegantes

Missas às 7h30min, 16h e 19h

12h – Oração do Angelus

A imagem ficará exposta para oração durante o dia.

A Paróquia Sagrado Coração de Jesus está localizada na rua Gomes Carneiro, 1302 (esquina Alberto Rosa).

Homenagem a Navegantes no Laranjal e Z3

Programação:

Dias 29, 30 e 31 de janeiro

Tríduo Preparatório – Celebração Eucarística às 20h.

Dia 1º de fevereiro

Procissão motorizada/carreata às 19h, saindo do Santuário de Nossa Senhora dos Navegantes na Colônia Z-3, percorrendo as ruas do bairro.

Dia 2 de fevereiro

Dia de Nossa Senhora dos Navegantes 

Missas – 9h e 11h 

12h – almoço com frutos do mar, no sistema “pegue-e-leve” e também no salão paroquial do Santuário (Z3), respeitando as normas de distanciamento e higienização.

14h – Terço das Rosas.

A imagem ficará exposta para visitação e oração durante o dia no Santuário de Nossa Senhora dos Navegantes, na Colônia Z3.

17h – no Balneário Valverde (Laranjal), a imagem da santa sairá da Capela, na av. Arthur Augusto Assumpção, 730 A, seguirá por esta avenida até a avenida Antônio Augusto Assumpção Júnior (orla da praia) até o chafariz (próximo ao Shopping Mar de Dentro), onde fará o retorno e seguirá até o Pontal da Barra.

19h – Missa festiva no jardim, ao lado da Capela Nossa Senhora dos Navegantes, no Valverde (Laranjal).

A Prefeitura contribuirá com ações de manutenção, a fim de assegurar as boas condições das vias dos trajetos das carreatas, tanto no Laranjal quanto na Z3. Na Colônia Z3, todo o apoio é prestado pela Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), que fará a limpeza das vias e a instalação de um gazebo, ao lado do Santuário (Z3), para acolhimento dos visitantes. Na segurança, haverá apoio da Guarda Municipal e da Brigada Militar. O Sanep ajudará com um caminhão-pipa para disponibilizar água potável e banheiros químicos.

Tags

homenagens, iemanjá, nossa senhora, navegantes, restrições, covid-19

Carregando 0%