ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Transporte e Trânsito

Dia Mundial da Bicicleta: Pelotas é referência no transporte de duas rodas

A data foi criada pela Organização da Nações Unidas (ONU) e visa conscientizar as pessoas sobre os benefícios do uso da bicicleta para diversas atividades

Por Kerolin Lulhier 02-06-2021 | 16:48:53

Nesta quinta-feira (3), é comemorado o Dia Mundial da Bicicleta. Instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), a data preza pela conscientização sobre os benefícios do uso da bicicleta para lazer, trabalho ou qualquer outra atividade que possa ser desempenhada com o auxílio do veículo de duas rodas, considerado extremamente democrático, pois é utilizado por pessoas de todas as classes sociais. Quem reside em Pelotas tem à disposição o serviço de compartilhamento de bicicletas - BikePel - oferecido pela Prefeitura, que visa disponibilizar uma alternativa saudável e sustentável de locomoção para a população. 

Fotos: Michel Corvello e Gustavo Vara/Ascom

Desde o início das atividades, em 2019, a empresa Serttel é a responsável pelo gerenciamento do serviço no município, sob a coordenação da Secretaria de Transporte e Trânsito (STT). Todo o trâmite para uso é realizado por meio de aplicativo. Segundo a empresa, desde 4 de outubro de 2019 - data de início da operação na cidade - até 31 de maio deste ano, foram realizadas 41.867 viagens pelo BikePel.

Veja mais

+ BikePel permanece em funcionamento durante a pandemia

De acordo com o gerente de operações da Serttel, Vitor Barboza, 14.432 pessoas já se cadastraram para utilizar o BikePel, mas apenas 650 mantêm o passe ativo. Ele ainda explica que houve aumento de utilização nos meses de abril e maio deste ano, principalmente nos finais de semana. Hoje, a média geral é de 175 viagens por dia. 

Segundo dados da empresa que gerencia o serviço, pessoas com idades entre 20 e 35 anos são as que mais utilizam o aplicativo. A maioria usa a bicicleta por 15 minutos em média.

Como funciona o BikePel

As 100 bikes disponíveis, que são monitoradas 24 horas por dia via GPS, são dockless - não necessitam de uma estação fixa e podem ser entregues em qualquer outro ponto demarcado no mapa on-line. As bicicletas podem ser retiradas todos os dias da semana das 6 às 22h. 

Quem deseja fazer uso dos veículos de duas rodas precisa seguir cinco passos. Confira:

1º - instale o aplicativo, que está disponível para aparelhos com sistema Android ou iOS;

2º - realize o cadastro obrigatório;

3º - assim que estiver tudo certo, dirija-se a uma das 14 estações (ou a uma das três subestações localizadas no Laranjal) do BikePel espalhadas pela cidade;

4º - escolha uma bicicleta e, via aplicativo, realize a leitura do QRCODE - localizado acima da roda traseira do veículo para o desbloqueio;

5º - após a utilização, faça o encerramento da viagem, devolva a bike dentro

da área informada no mapa e trave o cadeado.

Onde posso encontrar uma bike?

As bicicletas estão à disposição da população em 14 estações fixas espalhadas pela cidade e em três subestações no Laranjal. Saiba os endereços:

- praça Coronel Pedro Osório;

- praça 20 de Setembro, próximo ao IFSul;

- avenida Duque de Caxias, próximo ao 9º Batalhão de Infantaria Motorizado;

- Parque Dom Antônio Zattera, pela avenida Bento Gonçalves;

- Parque da Baronesa, na esquina com a avenida São Francisco de Paula;

- avenida Dom Joaquim, na esquina com a rua Andrade Neves;

- Praça do Colono, avenida Fernando Osório com rua Marcílio Dias;

- rótula da avenida Bento Gonçalves com avenida Ferreira Viana;

- Saúde Maior, na Beneficência Portuguesa;

- Parque Una;

- rótula da avenida Fernando Osório com a avenida Salgado Filho;

- rótula da avenida Domingos de Almeida, na esquina da rua Comendador Rafael Mazza;

- Shopping Pelotas; e,

- avenida República do Líbano próximo da avenida São Francisco de Paula.

As subestações no Laranjal estão:

- na avenida Doutor Antônio Augusto Assumpção Júnior (próxima do trapiche);

- na esquina com a avenida Rio Grande do Sul e próxima do chafariz do Shopping Mar de Dentro; e,

- na rótula com a avenida José Maria da Fontoura.

História de quem usa e aprova o serviço

A jornalista Vitória Leitzke de 22 anos contou que utiliza as bicicletas do BikePel desde a inauguração do serviço - em 2019 - para fim de lazer na maioria das vezes. Ela também pontuou que o aumento de ciclofaixas e ciclovias na cidade colaborara para a maior utilização, pois a infraestrutura oferece segurança a quem circula de bicicleta em diversas regiões da cidade.

Fotos: Rodrigo Chagas

Vitória, que reside próximo ao ponto do BikePel da avenida Dom Joaquim, também ressaltou que prefere utilizar as bicicletas da Prefeitura, ao invés do transporte público, em razão da pandemia. Ela realiza a higienização das mãos e do guidão antes e depois de fazer uso do meio de transporte.

Investimentos

Algumas tarifas são cobradas para o uso das bicicletas. Esses custos são direcionados para as manutenções das bikes, feitas diariamente.

Confira os preços

Avulso: R$ 1,50 cada 15 minutos de uso.

Assinatura mensal: R$ 20,00/mês para uso da bike por até 30 minutos, com intervalos de 15 minutos entre viagens.

Após os 30 minutos será cobrado R$ 1,00 a cada 15 minutos excedentes.

Ao parar fora da região delimitada, o usuário paga uma multa adicional de R$ 30,00. 

Pelotas e suas ciclofaixas

De acordo com o secretário de Transporte e Trânsito, Flávio Al-Alam, Pelotas possui cerca de 60 quilômetros de espaços próprios para andar de bicicleta. Outras duas ciclofaixas estão em construção, para oferecer ainda mais conforto e segurança a quem utiliza o veículo. As avenidas Ildefonso Simões Lopes, nas Três Vendas, e Senador Joaquim Assumpção, no Laranjal, receberão, em breve, as áreas destinadas aos ciclistas. 

Marechal Floriano: a primeira rua completa da cidade

Enquadrada no modelo que visa à segurança e à convivência harmônica entre diversos públicos - seja ciclista, seja pedestre, seja usuário de carros, motos ou transporte coletivo - a rua Marechal Floriano, localizada no Centro, é a única rua completa da cidade. Com a extensão de 720 metros, a ciclofaixa da Floriano oferece mais segurança aos ciclistas que transitam na via diariamente.  

O projeto de Ruas Completas começou no Brasil a partir de 2017, com a mobilização da Frente Nacional de Prefeitos e do instituto de pesquisa WRI Brasil, inspirada no passado, quando havia menos veículos nas cidades e as pessoas possuíam mais espaço nas vias públicas. 

Entenda os benefícios de usar a bicicleta

De acordo com a ONU, o uso da bicicleta proporciona uma série de benefícios a quem utiliza o meio de transporte. Conheça alguns deles.

1 - Reduz o colesterol.

2 - Ajuda a prevenir e controlar o diabetes.

3 - Controla a pressão arterial.

4 - Aumenta o fôlego.

5 - Proporciona bem-estar.

6 – Emagrece.

Tags

bikepel, bicicleta, dia mundial da bicicleta, 3 de junho

Carregando 0%