Cuidados ao utilizar Wi-Fi público
O uso de redes de internet sem fio abertas pode trazer riscos à privacidade. Confira dicas para utilizar e ainda assim preservar sua segurança
O uso de redes de internet sem fio abertas pode trazer riscos à privacidade. Confira dicas para utilizar e ainda assim preservar sua segurança.
O uso de Wi-Fi faz cada vez mais parte do cotidiano. Em muitos locais, encontramos conexões oferecidas por empresas ou ainda compartilhadas de celulares e tablets. Porém, quando elas não exigem nenhum tipo de senha ou cadastro, podem oferecer ameaças. Se você costuma utilizar redes de internet abertas, deve tomar alguns cuidados para não expor seus dados e colocar em risco a sua privacidade.
Segundo Nelson Barbosa Júnior, engenheiro de segurança da Norton, empresa de soluções para segurança digital, Wi-Fi abertos podem oferecer riscos tanto para quem se conecta a elas quanto aos proprietários. Para o usuário, é possível que a conexão seja uma forma de capturar dados e aplicar golpes. “O que a pessoa que está compartilhando a rede está buscando?”, questiona.

Em alguns casos, porém, empresas, órgãos públicos ou pessoas físicas podem deixar o sinal desprotegido por falta de atenção. Para eles, os riscos podem vir de quem acessa a rede, pois computadores, smartphones e até televisores conectados podem ser invadidos.

Confira a seguir algumas dicas para manter a segurança dos seus dados, caso utilize Wi-Fi aberto:
Utilize um serviço de VPN confiável
Uma das possibilidades para manter a segurança é utilizar uma Virtual Private Network (VPN), ou Rede Virtual Privada, que estabelece conexão entre dois ou mais dispositivos e permite a transmissão de dados criptografados por um “túnel” privado. Segundo o professor Moacyr Regys Simões Moreira, mestre em Engenharia de Teleinformática, as VPNs “blindam” as informações e não permitem o acesso por quem está fora desse “túnel”.

Não basta fazer o download de qualquer aplicativo para VPN, pois o risco pode vir do servidor ao qual o usuário se conecta. “Quando você entra no servidor da pessoa que está oferecendo a VPN, é possível que ela capture alguma informação”, explica o professor. Moacyr indica que os usuários busquem servidores confiáveis e utilizem as atualizações mais recentes do sistema operacional para evitar falhas de segurança.

Não acesse contas no banco ou faça compras
Em redes abertas desconhecidas, sem autenticação, evite utilizar serviços bancários. Nelas, podem ocorrer roubo de informações bancárias e interceptação de transações financeiras.

Atente para informações ao fazer download de aplicativos
Segundo Nelson Barbosa Júnior, na maioria das vezes, vírus são baixados porque os usuários não dão atenção ao conjunto de informações sobre os aplicativos. Antes de fazer o download, observe quem é o desenvolvedor e se ele não invade a privacidade ao exigir acesso a muitas funções do dispositivo que não são necessárias para o aplicativo.
Cuidado com a veracidade dos sites
Deve-se checar a veracidade das páginas acessadas. Se o site for verdadeiro, um cadeado aparece na barra de navegação. Ao clicar no ícone, a empresa desenvolvedora pode ser identificada. Ainda assim, de acordo com Nelson Barbosa Júnior, há meios de essa autenticação ser falsificada. A Norton oferece uma ferramenta aberta e gratuita que identificação ameaças em sites.



Fonte: O Povo



Telefonia celular Atraso do Pagamento – Bloqueio da Linha -
Com base em autorização da Anatel, as operadoras de telefonia celular adotam os seguintes procedimentos no atraso de pagamento das contas:

- 15 dias após o vencimento: bloqueio parcial da linha. O consumidor só recebe ligações;

- 30 dias após o vencimento: suspensão total da linha. Telefone não faz nem recebe ligações;

- 45 dias após o vencimento: a linha é desativada.

O consumidor deve contestar valores que não reconhece.

NOTA FISCAL
Nota fiscal: sinônimo de segurança.
O documento é prova de relação de consumo e garantia contra problemas futuros.Exija SEMPRE a sua.



 

 















 

Mural 
15/2/2007
Molhos de tomate oferecem perigo à saúde.
6/2/2007
Documentos necessários para registrar reclamações no PROCON.
6/2/2007
Melhor maneira de comprar material escolar