ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Pelotas está em bandeira preta pela primeira vez no Distanciamento Controlado

A região encontra-se em risco altíssimo para o novo coronavírus

Por 11-12-2020 | 19:21:52

Pelotas está em bandeira preta, pela primeira vez, segundo a divulgação preliminar do Distanciamento Controlado, realizada nesta sexta-feira (11). De acordo com o modelo estadual, a sinalização caracteriza a R21, a qual o município faz parte, em risco altíssimo para o novo coronavírus. Em pronunciamento nas redes sociais, a prefeita Paula Mascarenhas afirmou que a Prefeitura deverá recorrer da bandeira preta, argumentando que, na próxima semana, será aberto mais 10 leitos de UTI no hospital Santa Casa de Misericórdia. 

Conforme análise do Estado, a região está em bandeira preta nos índices de “variação no número de internados por SRAG em UTI”, “variação no número de confirmados em leitos clínicos”, “variação no número de confirmados em UTI”, “novas hospitalizações Covid/população”, “projeção de incidência de óbitos relativa à população”, “número de leitos livres para cada leito ocupado Covid (macrorregião)”, “número de leitos livres para cada leito ocupado Covid (estado)” e “variação no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19”. Além disso, encontra-se em bandeira vermelha nos índices de “variação semanal do número de novas hospitalizações Covid” e de “variação no número de leitos de UTI livres para atender Covid-19” e em bandeira amarela para o índice de “razão entre casos ativos na semana e recuperados no início da semana”, ficando assim com média final para risco altíssimo.

No final da tarde, a prefeita Paula Mascarenhas realizou um pronunciamento, através das redes sociais, para falar sobre a classificação. Na ocasião, ela informou que recorrerá da decisão estadual, visto que, a partir da próxima semana, haverá a ampliação de 10 leitos de UTI, no hospital Santa Casa de Misericórdia. “Isso me deixa muito triste, muito frustrada, porque nós estávamos trabalhando para evitar justamente isso, inclusive com a edição do último decreto de restrições, que tem sido acatado e respeitado pela maioria dos pelotenses”, falou a prefeita. 

“Nós temos ainda um argumento para recorrer, em respeito e consideração ao povo de Pelotas e aos empresários que, apesar de todo sacrifício, respeitaram o decreto, eu me comprometo a fazer esse recurso ao governo do Estado para voltarmos à bandeira vermelha. Mas nós estamos em um momento de muita dificuldade. E eu queria fazer um apelo a todos. Primeiro, que respeitem os protocolos do decreto até terça-feira. Mais do que nunca, isso é importante. E que, a partir de terça, continuem respeitando o uso de máscara, o álcool gel, só saiam de casa para as coisas necessárias. Nós precisamos de compaixão. Nós precisamos de solidariedade”, pediu Paula. 

A chefe do Executivo ainda falou sobre a situação dos comerciantes locais, que até a terça, devem operar apenas com sistema de tele-entrega, sem atendimento ao público, para frear a pandemia em Pelotas. 

“Eu sei que os empresários estão pressionados, precisam cumprir os seus compromissos. Eu entendo tudo isso. Mas nada me toca mais do que uma mãe que perde o seu filho, do que uma esposa que perde o seu marido, do que filhos que perdem os seus pais. A gente precisa se unir. Em nome da saúde, em nome da vida das pessoas e também em nome da economia. Vamos fazer, cada um de nós, a sua parte. Vamos nos unir, vamos trabalhar juntos. E vamos vencer juntos também o coronavírus”, finalizou a prefeita.

O resultado do recurso sairá na próxima segunda (14) em divulgação do governo do Estado. A vigência da próxima bandeira será de terça-feira (15) a segunda-feira (21).

Tags

distanciamento controlado, bandeira preta, coronavírus, risco altíssimo

Carregando 0%