ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Pelotas é selecionada por programa de inovação tecnológica para Atenção Primária

Município é o único representante do Rio Grande do Sul onde será implantado programa para qualificar o cadastramento e monitoramento dos usuários das UBSs

Por Alessandra Senna 07-02-2021 | 11:49:53

Pelotas foi selecionada, após passar por várias etapas classificatórias, junto com outros 300 municípios brasileiros, para implantar projetos tecnológicos capazes de qualificar o trabalho realizado pela rede de Atenção Primária municipal. A cidade é a única no Rio Grande do Sul escolhida para fazer parte do programa " Inovação Aberta", promovido pela Coalizão Govtech pela Atenção Primária em Saúde.

Durante cerimônia virtual os integrantes do Coalização-o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Organização da Sociedade Civil (OSC) Artemisia, a Associação Umane e o Instituto Arapyaú anunciaram as três cidades contempladas com o investimento financeiro voltado para implementação de projetos de inovação que visam melhorar a Atenção Primária em Saúde no Brasil. Além de Pelotas também serão contemplados Aracaju, em Sergipe, e Teresópolis, no Rio de Janeiro. 

A secretária de Saúde, Roberta Paganini, comemorou a seleção de Pelotas para a implantação do projeto, já que ele permitirá qualificar as ações preventivas e assistenciais em saúde, além de permitir o acompanhamento dos indicadores de saúde.

“O novo financiamento do Ministério da Saúde considera a quantidade de cadastros no Sistema Único de Saúde (SUS) e indicadores de saúde, e esse é um sistema que irá nos permitir melhorar nestes dois aspectos", pontou a secretária.

UBSs de Pelotas terão serviço qualificado com a inclusão do município no programa "Inovação Aberta" Fotos: Michel Corvelo

O que é o projeto ?

Durante as etapas da seleção, a equipe da secretaria de saúde, juntamente com duas empresas, estudaram propostas inovadoras para melhoria da atenção primária, sendo que o projeto escolhido como o mais adequado as necessidades de Pelotas foi o da empresa ePHealth. A ideia é implantar um software voltado aos agentes comunitários de saúde para o cadastro dos usuários das UBSs e disponibilizar uma plataforma integrada do prontuário dos pacientes da Atenção Primária.  

Na avaliação final, as responsáveis pela apresentação das ações municipais-a coordenadora do Núcleo de Educação em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Luciana Nunes Soares, e a coordenadora de planejamento da SMS, Raquel Viegas Elias, destacaram o desafio de cadastrar os cerca de 200 mil usuários das UBSs.

 " Participar da Coalização poderá ser a alternativa para a qualificação dos cadastros dos pacientes da Atenção Primária, assim como tornar ainda mais eficiente o processo de territorialização, ações que irão melhorar o acesso da população, fazer com que as equipes conheçam ainda mais o território que atuam, assim como monitorar casos de vulnerabilidade e planejar a prevenção para as doenças crônicas, otimizando o trabalho e os custos", salientou Luciana.

Além do cadastro, a outra proposta do projeto a ser implantado pelo Coalizão Govtech é o Módulo Cidadão, onde o paciente poderá ter acesso as próprias informações de saúde.

"No futuro, a ideia é ampliar esta ferramenta tecnológica, para integrar todos os serviços da Rede de Saúde de Pelotas, possibilitando uma melhor comunicação e consequentemente um cuidado a saúde com maior integralidade e continuidade", explica Raquel.

O que é a Coalização?

A Coalizão GovTech é uma iniciativa que tem como objetivo promover a inovação para o setor público. A tecnologia, com a implantação de ferramentas- principalmente aplicativos capazes de auxiliar na qualificação dos serviços prestados na área da saúde, tem foco na Atenção Primária, porta de entrada da população ao SUS. Os municípios envolvidos integrarão uma rede de inovação que tem o potencial de ser referência para todo o Brasil.

Tags

saúde, Atenção Primária, tecnologia, Pelotas, Govtech, usuários, cadastro, UBS

Carregando 0%