ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Segurança Pública

Operação Saúde Para Todos tem nova edição neste domingo

Objetivo das ações é prioritariamente preventivo. Orientação sobre a lei da obrigatoriedade do uso de máscara em espaços coletivos foi repassada à população

Por Tânia Magalhães e Paulo Ienczak 12-07-2020 | 16:58:18

Este domingo (12) contou com mais uma edição da Operação Saúde Para Todos – projeto desenvolvido pelas forças de segurança e por profissionais da saúde voluntários, com o objetivo de prevenir a propagação do novo coronavírus, além de orientar a população quanto às medidas restritivas impostas pela bandeira vermelha de distanciamento controlado e pelos decretos municipais. A avenida Adolfo Fetter contou com blitz, enquanto o comboio das Operações Integradas percorreu diversas áreas da cidade, propensas a aglomerações.

Fotos: Rodrigo Chagas.
“O trabalho da Operação é absolutamente preventivo. Para-se veículos e informa-se as pessoas sobre o que podem e o que não podem fazer neste período de pandemia. Orienta-se sobre as normas atualizadas de prevenção e restrições”, informa o comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar (4º BPM), tenente-coronel Facin.

No decorrer da operação, ainda no meio da tarde de domingo, duas denúncias de templos religiosos abertos, em descumprimento com o decreto municipal, foram feitas, no Centro e no Fragata. 

“A Guarda Municipal foi até os locais, onde prestou orientação aos fiéis para que se dispersassem, em um dos casos, enquanto que no outro verificou-se que ocorria uma transmissão ao vivo, apenas com a equipe da instituição religiosa, o que é permitido pelo decreto”, explicou o GM Jefferson Almeida, coordenador de turno durante a operação.

O secretário de Segurança Pública do Município, Samuel Ongaratto, salienta que as ações se dividem em três linhas: blitz de orientação, operações integradas, e policiamento na praia do Laranjal. “Na blitz, cerca de 700 a 800 veículos são parados. O alcance atinge de mil a 1.400 pessoas. São entregues panfletos explicativos e máscaras, e a orientação repassada é que fiquem em casa, sempre que possível”, explica.

A avenida Adolfo Fetter é sempre a escolhida para a Operação, por registrar o trânsito de veículos com destino ao Recanto de Portugal ou Laranjal – locais propícios ao lazer. Voluntários, além de distribuir panfletos informativos, medem a temperatura dos ocupantes dos carros, como medida de controle e de base para esclarecimentos e orientação às pessoas.

Lei da máscara

A obrigatoriedade do uso de máscara, sob pena de multa, amparada na lei que entrará em vigor no decorrer da semana, somada à proibição de formação de aglomerações, foram os pontos mais reforçados pelos agentes da Operação Saúde Para Todos. A aplicação de multa para quem for flagrado sem máscara em espaços coletivos, e/ou participando de aglomerações será cobrada de acordo com as Unidades de Referência Municipal (URM). A penalidade pode chegar a R$ 1.176,90, de acordo com a gravidade da infração. A lei entra em vigor a partir do dia 16 de julho , próxima quinta-feira.

O comandante do 4º BPM informa que, simultaneamente à blitz, a Operação Integrada das forças de segurança atuou em equipe móvel, percorrendo áreas onde houvesse perturbação do sossego ou prática de rachas de motocicletas ou carros. “Participaram as mesmas instituições, à exceção dos voluntários. O trabalho é repressivo, quando necessário, para coibir os crimes contra a sociedade”.

Participaram da 7ª edição da Operação Saúde Para Todos a Brigada Militar, Guarda Municipal, agentes de Trânsito, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, além de voluntários da Defesa Civil e da Saúde do Município.

Tags

operação saúde para todos, novo coronavírus

Carregando 0%