ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Mais 4.850 doses da vacina contra Covid chegam a Pelotas

Notícia foi anunciada em live feita pela prefeita na tarde de segunda-feira

Por Marina Amaral 26-01-2021 | 10:17:00

Durante transmissão ao vivo pelas redes sociais realizada na tarde de segunda-feira (25), a prefeita Paula Mascarenhas anunciou que Pelotas recebeu a segunda remessa da vacina contra o coronavírus. São 4.850 doses, que se juntam às 5.650 recebidas na primeira remessa para vacinar os cerca de 18 mil profissionais da saúde da cidade. Destes, cerca de 2 mil atuam na linha de frente no combate à Covid-19. 

Na live, a prefeita mencionou a lista, recomendada pelo Governo do Estado, de quem terá prioridade para receber as doses, e respondeu as perguntas mais frequentes da população. Paula explicou que a ampliação do processo de vacinação dependerá da quantidade de doses que serão entregues ao Município.

No entanto, mesmo que seja lenta, é importante dar valor ao fato de a imunização já ter iniciado. “Nós começamos um processo que não tem mais volta, não vamos mais retroceder. Daqui, só vamos avançar”, completou a chefe do Executivo. De acordo com o Vacinômetro, sistema de monitoramento da vacinação no Estado, 1.267 doses já foram aplicadas em Pelotas.

 Paula falou sobre a chegada das vacinas na tarde desta segunda-feira (25) - Fotos: Gustavo Vara

Vacinação

Foram 116 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde ao Rio Grande do Sul. Dessas, 9.500 são destinadas aos 22 municípios que compõem a 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (3ª CRS). Pelotas recebeu 4.850 doses da vacina, que foi desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca. De acordo com as recomendações do Governo do Estado, os profissionais da saúde continuam sendo o público-alvo.

A lista de prioridades se dará da seguinte forma:

- UTI e CTI COVID-19;

- rede de Urgência e Emergência - UPA, SPA e SAMU;

- unidade de internação clínicas para COVID-19;

- ambulatórios – primários ou secundários - com atendimento exclusivo para pacientes com sintomas de COVID-19, incluindo Equipes de Atenção Domiciliar especializada em COVID-19;

- coletadores de Swab nasofaringe e orofaríngeo (apenas os coletadores);

- ambulatórios ou unidades de saúde com atendimento ou avaliação de sintomáticos respiratórios;

- clínicas de hemodiálise, quimioterapia ou radioterapia, cuidados Paliativos, oncologia entre outros serviços que realizem assistência direta a pacientes com imunossupressão;

- áreas não COVID-19 de hospitais e demais hospitais (não Covid);

- demais Ambulatórios E pronto atendimento não COVID-19 – incluindo outras unidades de Atenção Primária; e, 

- consultórios e laboratórios - demais profissionais de saúde que realizam atendimentos eletivos ou assistência ao público em geral.

Atividades em teatros e casas de espetáculos podem retornar

Na transmissão, a prefeita Paula Mascarenhas também citou a possibilidade de retorno dos eventos em locais como teatros e casas de espetáculos. Ela se reuniu, na tarde desta segunda-feira (25), com líderes do grupo SOS Eventos, que representam os promotores de eventos, músicos, donos de estabelecimentos como bares e restaurantes. 

Na ocasião, foi acordada a possibilidade da reabertura destes locais se houver a manutenção da bandeira laranja em Pelotas por duas semanas consecutivas. O retorno se dará conforme protocolos determinados pelo Governo do Estado, e as determinações específicas serão confirmadas.

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel.

Tags

vacinação, coronavírus, profissionais da saúde

Carregando 0%