ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Forças de segurança realizam mais uma edição da operação Saúde para Todos

Profissionais da área da saúde, voluntários, acompanharam a ação para evitar aglomerações em locais de lazer de Pelotas

Por Alessandra Senna 07-06-2020 | 17:23:48

Nem o dia nublado impediu que muita gente buscasse os tradicionais locais de lazer do município, como a praia do Laranjal, neste domingo (7). Mas no caminho para o passeio, os cidadãos encontraram mais uma edição da operação Saúde para Todos - ação integrada das forças de segurança para evitar aglomerações, como forma de prevenir e controlar a progressão do novo coronavírus em Pelotas. E teve voluntário ajudando a conscientizar a população.

Forças de segurança se reuniram no 4º BPM para organizar as ações da Operação Saúde para Todos - Fotos: Rodrigo Chagas

Os sete enfermeiros e técnicos em enfermagem, todos voluntários, ligados a Defesa Civil, se uniram a Guarda Municipal, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e secretarias municipais de Transporte e Trânsito e de Saúde, para realizarem uma blitz na avenida Ferreira Vianna, uma das ações da Operação Saúde para Todos. Munido de termômetros digitais o grupo aferiu a temperatura dos motoristas e também entregou panfletos com orientações de como evitar o contágio pelo novo coronavírus.  

Voluntária desde março, quando participou da ação da Defesa Civil na rodoviária de Pelotas para monitorar a chegada de passageiros de outros locais do Estado, a enfermeira, Daiane Martins, dedicou a tarde do domingo para ajudar na força-tarefa contra o novo coronavírus. 

" Deixei minha mãe e minha filha em casa para fazer parte dessa ação. Esse é o nosso papel, precisamos fazer a nossa parte", disse enquanto conversava com mais um motorista.

Pensamento semelhante tem, o também voluntário, técnico em enfermagem, Rudinei Crizel. Ao falar com os ocupantes do veículos abordados pela blitz, reafirmou a importância dos cuidados com a higiene e do uso da máscara. "As pessoas precisam ter informação, precisam ser conscientizadas, então resolvi me unir a essa causa tão importante para todos nós", destacou.

Trabalho aprovado pelo casal Laís Costa e Nasser Almeida, que ouviram com atenção as orientações dos voluntários. " Precisamos desse tipo de ação. Precisamos ser orientados e saber como agir para o bem de todos", falou o motorista.

Aferição da temperatura das pessoas que circulavam em direção ao Laranjal foi uma das práticas adotadas pela Operação - Fotos: Rodrigo Chagas

 Durante a blitz educativa o secretário de Segurança pública, Samuel Ongaratto, salientou a importância da presença dos profissionais da área da saúde voluntários para os resultados positivos da iniciativa. 

" Desde a primeira operação estamos conseguindo alcançar o nosso objetivo que é orientar a população e também dispersar aquelas aglomerações. E isso se deve, também, muito a integração que ocorre entre todas as forças policiais de Pelotas", esclareceu Ongaratto.

Além da blitz , a operação ainda contou com policiamento e orientação dos frequentadores de áreas como a beira do Arroio Pelotas, no Recanto de Portugal, no pontal da barra, praia do Laranjal, além de um comboio itinerante por outros pontos da cidade. 

Veja mais:

+Operação Saúde para Todos 2 é realizada para coibir aglomerações em diversos pontos da cidade

Forças unidas contra o coronavírus

Além de participar da blitz, agentes de trânsito, mantiveram o fluxo interrompido na beira da praia, mantendo a ação de contenção de pessoas e veículos no balneário - determinação adotada desde abril, como forma de evitar as aglomerações. Para o secretário de Trânsito e Transportes, Flavio Modaffar Al Alam, a operação "ajuda a população compreender a necessidade de se proteger e engaja todos pelo bem comum".

Agentes de Trânsito, Guardas Municipais e voluntários atuaram para coibir aglomerações e orientar o cidadão - Fotos: Rodrigo Chagas

Já a Guarda Municipal disponibilizou agentes para percorrerem alguns locais estratégicos, como as dunas no bairro Las Acácias, e o pontal da barra, para conversarem com os frequentadores, além de fazerem fiscalizações de rotina. "estamos ao mesmo tempo coibindo as aglomerações em beneficio da saúde de todos e também prestamos segurança que é nossa atividade principal pois em se verificando atitudes suspeitas são feitas abordagens de cunho policial", explicou o comandante, Igor Bretanha.

Para o delegado regional da Polícia Civil, Márcio Steffens, órgão presente em todas as edições da operação Saúde para Todos, até agora, a iniciativa potencializa as já tradicionais operações integradas implementadas no município através do Pacto Pelotas pela Paz. " Estamos, todos integrados, ajudando na prevenção, na fiscalização e indiretamente também cuidando das questões mais específicas da segurança pública", ressaltou.

A integração das forças policiais e do poder público pela segurança e saúde dos pelotenses também foi salientada pelo comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel, André Facin, que acompanhou todas as ações da operação Saúde para Todos, neste domingo. " É a comunidade quem ganha com essa conquista- a integração das forças de segurança no município. Nós estamos juntos para fiscalizar e apoiar o trabalho realizado em prol da saúde de todos", disse Facin.

Segundo a Guarda Municipal 680 carros foram abordados e 1.250 pessoas tiveram a temperatura aferida, um veículo foi apreendido, durante a blitz .

Tags

saúde, coronavírus, operações, integradas, blitz, guarda municipal, polícia civil, bombeiros, voluntários, policiais militares

Carregando 0%