ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Central de Triagem da Prefeitura recebeu 3,4 mil ligações em 12 dias

Canal de comunicação foi criado para orientar a população e evitar deslocamentos desnecessários, a fim de impedir a propagação do novo coronavírus

Por Luiza Meirelles 07-04-2020 | 16:46:15

Em doze dias de funcionamento, a Central de Triagem criada pela Prefeitura para orientar pelotenses por telefone a respeito novo coronavírus recebeu cerca de 3.420 ligações. Através do número (53) 3284-7700, o serviço da Secretaria de Saúde serve como um canal de comunicação com os cidadãos, que podem buscar os profissionais de saúde para esclarecer dúvidas e obter informações sobre como se proteger da Covid-19 ou como agir em caso de suspeita. 

A equipe de 12 profissionais atende das 8h às 18h ininterruptamente, de segunda a sexta-feira, desde 20 de março. O segundo dia de funcionamento (23/03) registrou o maior número de chamados: 508 – cerca de um por minuto. 

Central atende das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira - Foto: Divulgação

A Central é uma das providências adotadas pelo Município para tentar conter o avanço da doença em Pelotas ao evitar que a população saia de casa em busca de informações que podem ser compartilhadas via telefone. A principal recomendação segue sendo o isolamento social àquelas pessoas que podem ficar de casa, de forma a retardar ao máximo a propagação do vírus.

Quais protocolos a Central segue?

A orientação, segundo o Ministério da Saúde, é acionar medidas de atenção hospitalar para os casos graves e medidas restritivas individuais de isolamento e quarentena domiciliar para os casos leves. O protocolo em vigor prevê que todas as pessoas com síndrome gripais, diagnosticadas pelas unidades de saúde, devem fazer isolamento de 14 dias e procurar os serviços de urgência em caso de agravamento dos sinais, principalmente, se apresentarem falta de ar.

Pessoas com síndrome gripal* SEM sinais de gravidade**

Serão orientadas ao isolamento domiciliar por 14 dias, bem como seus familiares, e recomendadas às medidas de precaução e isolamento.

Pessoas com síndrome gripal SEM sinais de gravidade mas COM febre e sintomas intensos (tosse, coriza, etc)

São orientadas a procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de sua casa.

Pessoas com síndrome gripal COM sinais de gravidade

Devem buscar o atendimento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Areal. No local, deve ser comunicado à equipe, imediatamente, o sintoma gripal e a orientação recebida pela Central de Triagem telefônica. Se necessário, a UPA contatará a Central de Regulação da SMS para regular o leito de internação deste paciente.

*Síndrome gripal: paciente com febre de início súbito, acima de 37,8 °C, acompanhada de tosse ou dor de garganta, e pelo menos um dos sintomas: mialgia (dor muscular), cefaleia (dor de cabeça) ou artralgia (dor nas articulações), na ausência de outro diagnóstico específico. Nas crianças menores de dois anos, os sinais são febre de início súbito e sintomas respiratórios, como tosse, coriza e obstrução nasal, na ausência de outro diagnóstico específico.

**Sinais graves: síndrome gripal (conforme definição anterior) associada à dispneia (falta de ar) ou a sintomas de gravidade, como desconforto respiratório ou aumento da frequência respiratória (avaliada de acordo com a idade); piora nas condições clínicas de doença de base; hipotensão (pressão baixa) em relação à pressão arterial habitual do paciente; em crianças: além dos itens anteriores, observar batimentos de asa de nariz, cianose (cor azulada ou acinzentada da pele, das unhas, dos lábios ou ao redor dos olhos), desidratação e inapetência (falta de apetite).

Tags

central, telefone, coronavírus

Carregando 0%