ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Pacto Pelotas pela Paz

Bra-Pel da Paz terá primeira torcida mista no domingo

Partida 363 entre o Grêmio Esportivo Brasil e o Esporte Clube Pelotas promoverá a confraternização entre os torcedores

Por Kímberlly Kappenberg 12-03-2019 | 17:44:05

No domingo (17), às 16h, Pelotas viverá seu grande clássico do futebol, que é a partida entre Grêmio Esportivo Brasil e Esporte Clube Pelotas, pelo Campeonato Gaúcho 2019. O confronto de número 363 terá uma novidade: pela primeira vez haverá área para torcida mista, no jogo denominado de Bra-Pel da Paz. A iniciativa partiu dos clubes e da Brigada Militar (BM), e conta com apoio da Prefeitura e demais instituições ligadas ao Pacto Pelotas pela Paz.

A notícia foi divulgada em primeira mão para os veículos de comunicação, em uma coletiva à imprensa realizada na tarde desta terça-feira (12), no 4° Batalhão de Polícia Militar (4º BPM). Conforme a BM, é o primeiro movimento do tipo em uma partida fora da capital do Rio Grande do Sul, e a ideia é inédita entre as cidades do interior do Brasil. 

Há duas semanas as forças de segurança, em conjunto com os dois times, trabalham na organização do Bra-Pel, que terá como palco o Estádio Bento Freitas. A torcida mista será composta por 500 torcedores, que sairão para o jogo juntos, da sede do 4º BPM, pelo Caminho do Gol – a exemplo do que se viu durante a Copa do Mundo em 2014. 

Fotos: Gustavo Vara

Menos violência no esporte

Os pelotenses aguardam o reencontro dos rivais desde 2014. A prefeita Paula Mascarenhas ressaltou que o município só tem as duas grandes equipes, justamente, por essa rivalidade, que faz com que ambos queiram ser cada vez melhores. Ela estimula a torcida com paixão, mas que também deve ter respeito pelas diferenças.

“Esse é o caminho. Os times têm a responsabilidade de mostrar para as torcidas que é possível torcer em paz, com respeito, integração e segurança. A rivalidade de Pelotas precisa ser positiva e saudável”, afirmou a prefeita.

Lado a lado durante a coletiva, os presidentes do Xavante e do Lobo expressaram seus desejos de que a iniciativa possa dar início a uma nova era. “Deve prevalecer a vivência em paz dentro das quatro linhas. Que seja um exemplo de civilidade”, disse Ricardo Moreira da Fonseca, dirigente do Brasil.

“É um trabalho conjunto, para que seja um grande evento esportivo. Convidamos os torcedores a prestigiarem a construção desse momento positivo”, ressaltou Gilmar Schneider, presidente do Pelotas.

A partida contará com o reforço na segurança de 150 alunos em preparação para se tornarem brigadianos, além da presença da Delegacia Móvel da Polícia Civil. No futuro, Judiciário e Ministério Público esperam que seja efetuada a criação de um Juizado do Torcedor em Pelotas e de um Promotoria Especializada do Futebol, com estruturas nos estádios e que possam atuar na resolução de conflitos já durante os jogos.

De acordo com o comandante do 4º BPM, tenente-coronel Eduardo Perachi, a ideia surgiu com os anseios de promover uma maior confraternização, em que famílias e amigos pudessem estar juntos durante os confrontos Bra-Pel, e que os estádios voltassem a ser espaços de convivência e diversão, levando também uma mensagem de paz.

Desde a confirmação do encontro entre Xavante e Lobo pelo Gaúchão, os times e o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) do Pacto Pelotas pela Paz vinham discutindo a possibilidade. Além de entrar para a história, o vencedor da partida receberá ainda um troféu alusivo aos 95 anos do 4º BPM, completados no fim de fevereiro.

“Fico orgulhosa de ser a primeira cidade com essa iniciativa”, finalizou Paula.

Ingressos e organização

Os ingressos para a torcida mista serão vendidos na bilheteria do Estádio Bento Freitas. Serão 250 entradas duplas no valor de R$ 50,00, ou seja, o torcedor do Brasil adquire o ingresso e ganha o direito de levar um torcedor do Pelotas, desde que informe o nome e o RG ou CPF. Na torcida mista do Bra-Pel da Paz também é obrigatório o uso das camisetas dos respectivos clubes.

Às 14h do domingo, os torcedores saem em caminhada do 4º BPM — avenida Bento Gonçalves, 3207 —, passam pela avenida Juscelino Kubitschek e ruas General Neto e João Pessoa, entrando no Portão 5 do estádio. O percurso foi denominado de Caminho do Gol, e terá presença da Banda da Brigada e escolta.

Os brigadianos também farão a escolta da torcida do Esporte Clube Pelotas, que deve sair do Estádio Boca do Lobo, em direção ao Portão 8 do Estádio Bento Freitas, tudo para garantir a segurança. Procedimentos similares devem ser adotados no próximo Bra-Pel do Campeonato Gaúcho, a se realizar na casa do Pelotas.

Tags

bra-pel da paz, torcida mista, futebol, campeonato gaúcho, xavante, lobo

Carregando 0%