ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Alas Covid de hospitais de Pelotas serão readequadas

Alguns leitos, hoje dedicados para pacientes Covid, poderão ser direcionados para a ampliação das cirurgias eletivas que estão em processo de retomada no município

Por Alessandra Senna 11-11-2020 | 11:36:18

A partir desta semana, as alas exclusivas para o atendimento de pacientes confirmados ou suspeitos para infecção pelo coronavírus, existentes no HE-UFPel e na Beneficência Portuguesa, serão readequadas. A alteração nas unidades, dedicadas ao tratamento de casos relacionados à pandemia, se dará no mesmo período em que o Centro Covid se tornará a referência para todas as faixas etárias, disponibilizando um total de 42 vagas. A mudança auxilia na ampliação dos procedimentos cirúrgicos eletivos que estão sendo retomados no município.

Fotos: Arquivo Ascom

Segundo a secretária de Saúde, Roberta Paganini, o HE-UFPel passou a oferecer dez leitos de UTI e dez de enfermaria Covid. A Beneficência Portuguesa deve começar realizar essa alteração a partir do dia 14 de novembro, passando a ter a mesma quantidade de vagas em leitos de UTI que o Hospital Escola, além de 16 leitos de isolamento para casos menos graves.  

Veja mais

+ UPA Areal estará fechada quinta-feira das 7 às 22h

Entre os motivos para a readequação das alas Covid, explica a secretária, está a taxa de internação de casos de coronavírus que tem se mantido baixa e estável. "Além disso os profissionais dessas áreas Covid estão muito cansados, é uma área muito estressante, de uma exigência maior do que de UTIs e enfermarias comuns. Muitos deles foram contratados emergencialmente, são reforços nas equipes que já existiam nos hospitais, e nem todos querem renovar seus contratos. Então a redução nos leitos é relativa, também, à dificuldade de que os médicos permaneçam nos seus contratos".

A chefe da Divisão Médica do HE-UFPel, Cristina Neutzling, reforça a informação da gestora da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), ao confirmar que a ala Covid do hospital passará a contar com dez leitos de UTI e dez de enfermaria. "O motivo para a redução é o decréscimo da taxa de ocupação e os recursos humanos, considerando encerramento de diversos contratos emergenciais dos profissionais atuantes na ala Covid", afirma Neutzling.

A Direção da Beneficência Portuguesa confirma a destinação de dez leitos de UTI e 16 leitos leitos de isolamento para atendimento de pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19. O atendimento será prestado para pacientes SUS e para outros planos de saúde. O hospital ainda destaca que a readequação dos leitos é resultado de uma análise conjunta com a SMS.

Procedimentos eletivos

Paganini ainda diz que a readequação das alas Covid surge no momento em que existe a necessidade de ampliar os atendimentos das cirurgias eletivas que estão sendo retomadas desde o mês passado. 

"Precisamos de leitos clínicos para poder fazer os procedimentos cirúrgicos eletivos, então realmente, essa redução dos leitos Covid vai ajudar para que mais procedimentos necessários sejam feitos", frisa.

Como vai ficar

Com as readequações nas alas Covid dos hospitais de Pelotas e com a ampliação no atendimento do Centro Covid, a estrutura dedicada aos pacientes suspeitos ou infectados pelo vírus ficará assim:

Centro Covid

15 Leitos Suporte Ventilatório (UTI)

- 10 adultos 

- 5 pediátricos 

27 Leitos Enfermaria

- 17 adultos

- 10 pediátricos

HE-UFPel

- 10 UTIs

- 10 enfermarias

Beneficência Portuguesa

- 10 UTIs

- 16 leitos de isolamento

 Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel. 

Tags

coronavírus, centro covid, alas, hospitais, pandemia, covid

Carregando 0%