ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Prefeitura amplia número de leitos para pacientes de Covid-19

Rede de atendimento exclusivo para casos confirmados de infecção pelo coronavírus em Pelotas alcança 114 vagas

Por Alessandra Senna 21-07-2020 | 15:07:10

A partir dessa semana, Pelotas passa a contar com o total de 114 leitos destinados a pacientes de Covid-19, com a inclusão da Beneficência Portuguesa na rede de hospitais considerados referência para estes casos. Além de assumir as vagas já existentes na Santa Casa, o hospital também reforça a estratégia de enfrentamento à pandemia, transformando 25 leitos gerais em vagas exclusivas para tratamentos de doentes com o novo coronavírus. Com isso, o Município passar a ter 35 espaços de UTI e 79 de Enfermaria exclusivos para casos de coronavírus. 

"É uma ótima notícia, porque nos dá mais condições de atendimento a pacientes Covid. Mas, não vai significar - e é importante dizer -, um aumento na avaliação do Estado. Esses leitos da Beneficência, que entram hoje como leitos Covid, já eram computados pelo Estado, pois estavam lá e já atendiam pacientes gerais. O governo estadual, para indicar as bandeiras, considera todos os leitos disponíveis, independentemente. A questão de exclusividade de leito Covid foi uma determinação que tivemos aqui em Pelotas", explica a prefeita Paula Mascarenhas

A transferência dos leitos que, num primeiro momento, foram montados na Santa Casa para atender pessoas com plano de saúde, ocorreu após avaliação do custo de manutenção da ala, que registrou poucas internações. De acordo com a secretária de saúde, Roberta Paganini, mesmo com a unidade montada, alguns pacientes, por escolha própria, foram levados para outros municípios ou acabaram sendo internados no HE-UFPel pelo SUS. 

"Sem a ocupação dos leitos, se tornou caro para o hospital manter uma equipe à disposição, aguardando a entrada de pacientes. Neste meio tempo, a Beneficência se disponibilizou a transformar uma UTI geral em unidade exclusiva Covid, além de toda uma ala de apartamentos para Enfermaria", explica Roberta ao destacar a possibilidade de maior isolamento dos pacientes - cada quarto tem capacidade para até duas pessoas.

A secretária ressalta que a Beneficência já havia oferecido a estrutura, quando o Município estava organizando a rede Covid de hospitais, mas havia uma preocupação em não perder os leitos de UTI geral - utilizados por pacientes com outras doenças. "Mas, com a progressão da doença, a necessidade de ampliar a rede, a otimização dos leitos, a suspensão das cirurgias eletivas e a utilização dos profissionais que antes atuavam nesse tipo de cirurgia, ocorreu a inclusão da Beneficência na rede ", justifica a gestora da Saúde.

Beneficência Portuguesa passa a fazer parte da rede Covid de Pelotas _ Fotos : Michel Corvello

Distribuição de leitos

Dos 10 leitos de UTI, que passam a funcionar na Beneficência, cinco serão destinados para pacientes que tenham plano de saúde e, o restante, com cobertura do Sistema Único de Saúde (SUS). Para os 31 leitos de Enfermaria, o objetivo, de acordo com a secretária, é que a internação seja realizada conforme a necessidade do paciente. Se for via SUS, irá para leito do sistema público; se tiver convênio, será encaminhado pelo plano de saúde.

"É importante deixar claro que o SUS não irá perder com isso. Se definirmos que serão dez leitos privados e chegar o 11º paciente, ele irá para leito SUS", destaca Paganini.

Com a ampliação de leitos a estrutura da rede hospitalar Covid, em Pelotas, passa ser a seguinte:

- Leitos UTI : 20 adultos no HE-UFPel

                     10 adultos na Beneficência Portuguesa (5 SUS + 5 convênio)

                       5 pediátricos no Centro Covid

Total: 35 leitos

- Leitos Enfermaria: 38 adultos no HE-UFPel

                                    31 adultos na Beneficência

                                    10 pediátricos no Centro Covid

Total: 79 leitos

Entrada da UTI destinada para pacientes Covid - Foto : Assessoria de Comunicação Beneficência Portuguesa

Estrutura da Beneficência

Segundo o administrador da Beneficência Portuguesa, Armando Manduca da Rocha, foram estruturadas duas alas para o atendimento dos pacientes Covid: a ala São Pedro e uma UTI geral. Todo o fluxo de pessoas foi readaptado - entradas e saída, espaços de higienização - conforme preconiza o protocolo do Ministério da Saúde para unidades referência Covid. 

A estrutura Covid-19 da Beneficência tem acesso independente, pela rua General Osório, isolada do restante do público e de profissionais, que continuam entrando pelo hospital pela rua Andrade Neves, evitando a possibilidade de contaminação pelo coronavírus.

"Foram criados fluxos internos, para dar o máximo de segurança aos funcionários e aos pacientes, tanto das áreas de Covid, quanto do restante do hospital, que segue funcionando normalmente.Temos hoje toda a infraestrutura plenamente capacitada para esse tipo de atendimento em ambos os setores. A Beneficência, ao longo de sua história, sempre esteve ao lado da comunidade pelotense, nas mais diversas lutas. E, dessa vez, não foi diferente", destaca Manduca.

Quarto que faz parte da ala Covid da Beneficência Portuguesa - Fotos : Assessoria de Comunicação Beneficência Portuguesa

Leitos na UPA Areal

Além da ampliação na rede de internação, Pelotas passou a contar com mais três leitos de transição de pacientes, ou seja, de pessoas com sintomas gripais e que precisam de suporte ventilatório e devem ser transferidas para hospitais. A UPA Areal recebeu equipamento que havia sido adquirido pela Prefeitura e seria instalado no Centro Covid para atendimento de adultos.

"Esses três leitos foram montados na UPA, porque sabemos que haverá um aumento no número de pacientes com o decorrer dos dias. Mas, assim que fecharmos equipe de profissionais para atendimento de adultos no Centro Covid, eles retornarão para a unidade", informa a secretária de Saúde.

Três novos leitos com suporte ventilatório da UPA Areal - Foto : Divulgação / SMS

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel.

Tags

saúde, coronavírus, leitos, hospitais, UTI, enfermaria

Carregando 0%