ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Saúde

Instituições de idosos obedecem às regras de prevenção ao coronavírus

Vigilância Sanitária cria grupo de WhatsApp e mantém contato permanente com a direção das casas

Por Tânia Magalhães 27-04-2020 | 12:21:59

As 55 Instituições de Longa Permanência para Idosos (Ilpis), cadastradas pela Prefeitura de Pelotas, adotaram todos os procedimentos de prevenção determinados pelas legislações estadual e municipal para enfrentamento do coronavírus. Mais de mil pessoas, com idade igual ou superior a 60 anos, compõem o público desses estabelecimentos considerados residenciais de domicílio coletivo. As visitas estão suspensas neste período.

Recomendação de ambientes arejados é atendida pelas instituições - Fotos: Divulgação/Visa/SMS 

As atividades das Ilpis, localizadas no Centro e nos bairros da cidade, são permanentemente monitoradas por meio de contatos por grupo de WhtsApp, criado pela equipe da Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde (Visa/SMS), especialmente para acompanhamento durante a pandemia.

“Nenhuma casa, até o momento, registrou caso confirmado de Covid-19, graças aos cuidados de prevenção. Temos telefone à disposição para denúncias e o grupo de Whats para informações de qualquer suspeita”, diz o chefe da Visa, Sidnei Louro Jorge Júnior. 

Fiscalização

Das 8 às 14h, pelo telefone (53) 3284.7740, podem ser feitas denúncias de suspeitas de idosos com coronavírus. Até o momento, apenas uma comunicação chegou ao setor, mas foi considerada improcedente. No caso de denúncia, a fiscalização vai até o local. A equipe resguarda-se com aparato de proteção (máscaras e luvas) para a vistoria. 

A Visa optou por não fazer visitas presenciais às instituições neste período de isolamento social, entendendo que os próprios fiscais sanitários, entre os quais técnicos, poderiam se tornar agentes de transmissão do vírus. Pelo WhatsApp, a equipe repassa informações importantes sobre a doença, como notícias nacionais, estaduais ou municipais, à direção das casas, a fim de mantê-las atualizadas.

Compreensão

A visitação de amigos e familiares aos moradores das Ilpis está suspensa. A Vigilância apela à compreensão das famílias, reforçando que o distanciamento é a forma mais eficaz de resguardo da saúde do idoso. Além disso, a direção das próprias instituições tem a preocupação de proteger seus moradores, fazendo valer a regra de não permitir visitante neste momento de crise.

Idosos ficam distanciados em dependências coletivas - Fotos: Divulgação/Visa/SMS

A Visa, nos dias 12, 13 e 16 de março, distribuiu nota informativa, in loco, às 55 Ilpis. O conteúdo incluiu métodos a serem adotados para prevenção, como uso de máscaras e equipamentos de proteção pelos cuidadores; atendimento médico para elucidação do diagnóstico mediante suspeita; identificação de possíveis casos de contaminação; necessidade de afastamento de funcionários com sintomas ou dos grupos de risco; manutenção de ventilação natural nas dependências; intensificação das regras de higiene; e outras recomendações. A nota é procedente do Centro de Operações Emergenciais do Rio Grande do Sul (COERS), da Secretaria Estadual de Saúde.

Vacinação

A Visa repassou, à Vigilância Epidemiológica (Vigiep), a listagem das instituições de idosos em Pelotas, com a finalidade de garantir a vacinação contra influenza (gripe) a todos os moradores. As aplicações já foram feitas.

Em relação às Ilpis, as atividades da Visa/SMS são regradas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Anvisa, por meio de Resoluções da Diretoria Colegiada (RDCs), e, ainda, pelo Estatuto do Idoso (Lei Federal 10.741/2003).

Não caia em fake news.

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel.

Tags

instituições de idosos, ilpis, coronavírus, prevenção, cuidados, regras, visitas, denúncias, whatsapp, telefone, vigilância sanitária

Carregando 0%