ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Centro Covid atendeu 70 crianças em 13 dias de funcionamento

Do total de atendimentos pediátricos, realizados pela unidade até agora, três pacientes foram testados para Covid-19

Por Alessandra Senna 04-05-2020 | 15:13:39

Há exatos 13 dias, Pelotas passou a oferecer à população um serviço dedicado ao tratamento de pessoas com sintomas gripais ou com problemas respiratórios: o Centro de Atendimento a Síndromes Gripais (Centro Covid). Priorizando os pacientes infantis, a unidade já testou três crianças suspeitas de infecção pelo novo coronavírus, sendo que todas obtiverem resultados negativos para a doença.

De acordo com a responsável técnica pelo Centro, Jaqueline Tomaschewski, 70 delas foram atendidas no local, desde o primeiro dia de funcionamento, média prevista pela Secretaria de Saúde (SMS). 

"Estávamos preparados para essa demanda, ainda mais porque esse é um período de mudança de temperatura, capaz de aumentar o número de pessoas com problemas respiratórios e que precisam de atendimento médico", explica Jaqueline.

Nessa fase, houve quatro internações, entre as quais um dos casos é de um bebê de 3 meses, encaminhado pelo hospital de Canguçu. A equipe coletou material dele e de outras duas crianças para averiguação de possível contaminação pelo novo coronavírus, mas todos os exames resultaram negativos para a infecção. O menino foi transferido ao Pronto Socorro de Pelotas e os demais pacientes já receberam alta.

Equipe considera indícios: tosse, coriza, dor na garganta e febre a partir de 38º – Foto: Michel Corvello

Atendimento especializado

Nos primeiros dias, os trabalhadores do Centro Covid precisaram orientar algumas famílias que levaram filhos para serem atendidos na unidade, mas não possuíam sintomas gripais. "Como todas passaram pela barraca de triagem, conseguimos esclarecer que o serviço é especializado e fazer o encaminhamento para outros atendimentos de saúde", lembra Jaqueline.

Para o primeiro diagnóstico pediátrico, são levados em conta indícios de possíveis viroses gripais ou de problemas respiratórios, como tosse, coriza, dor na garganta e febre a partir de 38º. A técnica responsável enfatiza que apenas febre não é uma característica de enfermidade relacionada à síndrome gripal e, portanto, o doente deve ser deslocado à outra unidade de emergência.

Hoje, o Centro Covid dispõe de 32 leitos: 15 para crianças, sendo 5 UTIs pediátricas, e 17 destinados a adultos – destes, seis designados a pacientes que necessitem de tratamento intensivo. Nesse primeiro momento, a unidade atende apenas menores de 12 anos. Os adultos que precisam de internação têm de ir para o Hospital-Escola da UFPel. A ideia da SMS é abrir os leitos adultos do Centro a partir do momento em que todas as vagas disponíveis na ala Covid do HE estiverem preenchidas.

+Centro Covid começa a funcionar em Pelotas

Não caia em fake news.

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel.

Tags

saúde, coronavírus, internações, síndromes gripais, respiratório, 70 crianças atendidas, centro covid, centro de atendimento

Carregando 0%