ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Atenção Básica monitora 1.769 pacientes em três meses

Serviço foi realizado entre maio e julho e contabilizou pacientes notificados pela Vigilância Epidemiológica provenientes de atendimentos púbicos e particulares

Por Alessandra Senna 07-08-2020 | 17:29:50

Além dos atendimentos considerados rotineiros, como consultas médicas e vacinação, as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Pelotas também se tornaram responsáveis pelo acompanhamento de pacientes com sintomas gripais ou positivos para coronavírus. Em três meses, a rede de Atenção Primária do Município monitorou 1.769 pessoas notificadas pela Vigilância Epidemiológica.

Das 52 UBSs, a unidade Sansca, localizada na região central da cidade, teve o maior número de pessoas monitoradas, após diagnósticos de síndromes gripais ou positivos para coronavirus - um total de 98, com média mensal de 33 pacientes acompanhados pela equipe de saúde. As UBSs Santa Terezinha, Dunas, Laranjal, Areal 1, Dom Pedro, Simôes Lopes e PAM Fragata contabilizaram entre 83 e 68 pacientes monitorados nos últimos três meses. As unidades localizadas na Colônia tiveram apenas 3 pessoas, cada uma acompanhada nesse mesmo período.

Acompanhamento por telefone

Os pacientes provenientes de serviços privados, como laboratórios, ou até mesmo da rede pública, são registrados pela Vigilância Epidemiológica e encaminhados às UBSs a partir do endereço informado na notificação.Segundo a diretora da Atenção Primária, Cristina Vetromila, o contato com o doente é feito por um profissional da Unidade, com a supervisão de um enfermeiro, sempre por telefone.

"As ligações são realizadas a cada 48 horas. Se houver agravamento do caso, o paciente será encaminhado para a UPA, mas se permanecer com sintomas leves seguirá monitorado pela unidade de saúde", explica Vetromilla.

A verificação do estado de saúde do paciente é feita durante 14 dias, conforme o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde para casos de síndromes gripais e coronavírus.

Pacientes espontâneos

Além dos doentes identificados pela Epidemiologia local, as UBSs também
recebem a chamada "demanda espontânea" - pessoas com sintomas gripais que procuram avaliação médica nas unidades. Esses doentes têm sido notificados pela própria unidade de saúde e orientados, conforme a janela imunológica em que se encontram, a realizar ou não exames para coronavírus.

"As pessoas que procuram a UBS para consulta por sintomas gripais são notificadas pelos enfermeiros da própria unidade de saúde e também passam a receber acompanhamento por 14 dias. Se estiverem enquadradas nos critérios para PCR - entre o 3º e 7º dia dos sintomas, uma equipe irá até a casa delas para coletar o material. Se não, serão monitoradas até completar 10 dias, para então retornar à UBS e fazer teste rápido", explica Vetromilla, ao alertar que casos de síndrome gripal só são atendidos nas UBSs no turno da manhã.

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel.

Tags

saúde, coronavírus, unidade de saúde, monitoramento, acompanhamento, pacientes

Carregando 0%