ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Coronavírus

Areal registra aumento de casos de coronavírus

Segundo dados analisados pelo Observatório de Segurança Pública, o bairro teve crescimento de 1,3% no percentual de confirmações para o coronavírus em uma semana

Por Alessandra Senna 15-09-2020 | 15:15:14

A partir dos dados registrados pela Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o Observatório de Segurança Pública divulgou mais uma análise do zoneamento de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus em Pelotas. Até o dia 10 de setembro, o maior número de infectados permanece no bairro Fragata, mas o Areal foi a região com maior aumento no percentual de confirmações no período.

O levantamento feito pelo Observatório de Segurança apontou crescimento de 1,3% no percentual de incidência de casos positivos no bairro Areal em sete dias. Na semana passada, a região perfazia 17% das confirmações e, na última análise, alcançou 18, 3%.

O Fragata ainda permanece como o bairro com o maior índice de casos positivos, com 24,3% do total de confirmações do Município. A região ainda apresentou um pequeno aumento no percentual, 0,2% , se comparado à análise anterior. As Três Vendas, mesmo sendo a segunda área que apresenta maior incidência, com 21,6%, teve uma leve redução em relação à semana passada - 0,4%.

Arte: Mariana Valente

O Centro da cidade apresenta 17,5% do total de infectados em Pelotas, também com redução de 0,8% no índice, se confrontado com a semana anterior. A região do São Gonçalo aparece com 7,7% das confirmações; Laranjal - 3,7%; Colônia - 1,9%; e Barragem 1,8%. Os casos de endereço não confirmado correspondem a 3,2% de infectados pelo coronavírus no Município.

Veja mais

+Coronavírus: Areal e Fragata têm aumento no número de moradores infectados  

Leia as notícias oficiais, sobre o novo coronavírus e outros assuntos de interesse público, no hotsite e nas redes sociais da Prefeitura de Pelotas: Facebook, Instagram @prefeituradepelotas, Twitter @PrefPelotas e canal WhatsPel.

Tags

Covid-19, coronavírus, bairros, infectados, zoneamento

Carregando 0%