História
 

A Central de Matrículas existe através de convênio entre a 5ª CRE (Coordenadoria Regional de Educação) e SME (Secretaria Municipal da Educação) desde 2001, no qual foi adotado o sistema MEP (Matrícula na Escola Pública), que define a democratização da matrícula na rede estadual e municipal mantendo assegurada a credibilidade de serviços públicos para a comunidade, garantindo através do atendimento informatizado a igualdade de condições para o acesso de sua permanência na escola e também a eqüidade entre candidatos pela definição clara de critérios do processo.

Garante maior número de postos de inscrições (escolas e internet), elimina as filas, facilita a escolha de escolas, define critério único à rede pública, oportuniza o conhecimento da demanda e informações para o planejamento e a tomada de decisão.

A central de matrículas administra somente as vagas referentes às escolas estaduais e municipais urbanas.

Todas as informações sobre os processos são divulgadas por material específico e amplamente noticiadas pela imprensa.

O objetivo do sistema informatizado é GARANTIR vaga, com critérios definidos e de preferência na escola de indicação do candidato. As vagas serão distribuídas de acordo com a capacidade física da(s) escola(s).

Não sendo possível garantir a vaga na(s) escola(s) indicada(s) pelo candidato, a matrícula será assegurada em outra escola através de AJUSTAMENTO.

 Mural